Vidro antirreflexo !

Você conhece o vidro antirreflexo? Como o nome diz, é um vidro com baixo índice de reflexão, ele reflete menos que um vidro incolor e proporciona uma melhor visão dos objetos ou imagens que estão atrás dele.

vidro antirreflexo

Existem dois tipos de vidro antirreflexo, um com altíssima transparência e baixa reflexão e outro que é um vidro impresso ou acidato (com textura), que não é tão transparente, muito utilizado em quadros e fotografias.

Vidro antirreflexo

Vidro antirreflexo, qual a diferença?

Abaixo uma comparação entre o vidro incolor normal, o vidro antirreflexo com alta transparência e baixa reflexão – aproximadamente 5 vezes menos reflexo que o vidro comum – e o vidro vidro impresso ou acidato que não tem reflexão alguma!

vidro antirreflexo

Vidro impresso ou acidato:

O vidro impresso ou acidato, são indicados para aplicação em quadros de parede, painéis e onde o objetivo seja eliminar reflexos luminosos. Mas o vidro precisa estar encostado na imagem ou objeto que se deseja mostrar, caso contrário ele causará um outro efeito que é o de não permitir a visibilidade do que está atrás.

vidro antirreflexo

O tratamento desses vidros garantem as melhores características óticas ao vidro, unindo a propriedade antirreflexo à fidelidade de cor e proteção contra os raios UV.

Os vidros acidatos estão disponíveis apenas na espessura de 2mm e nas dimensões de 1.900 x 3.210 mm e 1605 x 2250 mm na Guardian.

Vidro antirreflexo de alta transparência:

O vidro antirreflexo de alta transparência e baixa reflexão, é um vidro extra clear qua passa por um processo químico durante a fabricação que diminui em 5 vezes a reflexão do vidro.

vidro antirrefletivo

Esse vidro tem aspecto neutro e não modifica as cores do que ficará exposto atrás dele, o que é excelente para vitrines, museus, showrooms, concessionárias, hotéis, camarotes de arenas, displays, vitrines de restaurantes… Enfim sempre que seja necessária a visão sem perturbar o observador com a reflexão do vidro.

vidro antirrefletivo

Os vidros antirrefletivos estão disponíveis nas espessuras de 4mm e 6mm, e nas dimensões de 2.440 x 3.300 mm na Cebrace.

Eles foram amplamente utilizados nas reformas dos estádios para a copa do Brasil no ano passado, a imagem abaixo é do estádio Morumbi em São Paulo, os vidros permitem que as pessoas assistam ao jogo sem a interferência de reflexos das luzes nos vidros.  Vidro antirrefletivo

Esse vidro pode ser utilizado temperado e laminado o que melhora a segurança e também a barreira acústica (no caso do laminado).

Tem alguma dúvida? Escreva nos comentários e eu te responderei!

{ Pisos de vidro }

Se tem uma coisa que me traz uma excelente sensação em projetos é a iluminação natural, e pisos de vidro além de toda a sua beleza e leveza permitem que a iluminação natural se propague pelos cômodos e espaços do projeto.

Pisos de vidro:

pisos de vidro

Falei do projeto acima nesse post sobre iluminação natural zenital (do teto), mas ele é um ótimo exemplo de como o piso de vidro pode deixar a luz do ambiente superior passar para o ambiente inferior. Isso porque a Vertical Glass House (Xangai) tem uma abertura no teto, por onde a luz entra e essa luz é propagada pelos 3 andares por pisos de vidro!

O projeto abaixo é um triplex que fica na Romênia, ilustra perfeitamente a idéia da iluminação natural e de quebra é um belíssimo projeto em vidro incolor laminado com estrutura em aço inox.

O guarda-corpo da escada segue a mesma idéia de deixar a iluminação natural passar e uma mesma peça une o vão dos dois lances de escada. (Falei sobre guarda-corpo nesse post aqui)

Pisos de vidro Pisos de vidro

Segundo a norma da ABNT, a NBR 7199 todo piso de vidro DEVE ser laminado! Já que em uma eventual quebra o vão não se abre e os cacos de vidro ficam colados no intercalante, garantindo que nenhum usuário se machuque com esse vidro. (Sobre vidros laminados veja esse post!)

Pisos de vidro

Outra dica é temperar a lâmina de vidro que ficará por cima do conjunto, isso garante uma maior resistência à impactos caso alguém derrube algo pesado em cima do piso. (Sobre vidros temperado eu falei aqui)

Outros tipos de vidro:

E se você está pensando que o vidro incolor tira muito a privacidade, é possível utilizar um vidro acidato ou até mesmo um vidro impresso (apesar do nome, o vidro impresso é um vidro com desenhos em alto ou baixo relevo).

Pisos de vidro Pisos de vidro

A vantagem do vidro impresso é que você pode escolher um modelo anti-derrapante e ter ainda mais segurança na sua solução, principalmente se for perto de uma área molhada.

Especificando pisos de vidro:

Para dimensionar o piso de vidro, adota-se sempre normas internacionais já que no Brasil ainda não há normas específicas para essa aplicação e os parâmetros europeus são bastante elevados. Normalmente, a carga considerada é de pelo menos 500 kgf/m2 para essa definição são usadas as normas européias e alguns cálculos que obedecem a critérios estabelecidos pela ABNT.

living-da-academiapisos de vidro

Pisos de vidroPisos de vidro

Para facilitar o dia-a-dia, a Cebrace disponibiliza um programa online que faz o calculo da espessura do vidro conforme a dimensão da peça. Por esse link você entra na área de calculo de espessura e escolhe pisos de vidro! O programa é bem auto explicativo, basta colocar as dimensões da peça em metros e responder qual o uso e se terá peso concentrado, serão sugeridos 6 tipos de solução, se não aparecer nenhuma é porque a sua peça de vidro está muito grande e você precisa dividi-la.

sala-de-estar-com-piso-de-vidro-cobertura-triplex-em-tel-aviv-israel

O progama só calcula para pisos que têm os quatro lados apoiados, ou seja todo o perímetro do vidro tem que ter uma estrutura para se sustentar. Para vidros com dois ou três lados apoiados é necessário buscar alguém especializado para calcular.

O projeto acima mostra um piso de vidro onde as peças são apoiadas em duas extremidades (as laterais), o guarda corpo é apoiado na mesma estrutura do piso, porém os vidros não se tocam.

Já os projetos abaixo mostram peças de vidro apoiadas em seus quatro lados.

pisos de vidropisos de vidro

Pisos de vidro pisos de vidro

Pisos de vidro esportivos:

Outro piso de vidro muito legal que já comentei aqui no blog é o dessa quadra poliesportiva, o piso permite que iluminação de LED delimitem as linhas referentes a cada esporte. Os vidros utilizados nessa quadra são antiderrapantes, e a cor é definida de acordo com a base utilizada, e pode ser escolhida dentre diversas cores.

pisos de vidropisos de vidro

Por essa você não esperava não é mesmo?

Apesar de não estar em altura, o vidro também deve ser laminado, para evitar acidentes em caso de eventual quebra. Quer saber mais sobre essa quadra? Eu falei dela nesse post aqui, em vidros que iluminam o esporte.

pisos de vidro

Se quiser saber mais sobre as normas técnicas de vidro, eu fiz um resuminho fácil que você pode acessar por aqui!

[:]

{ Vidros da sede da Xiaomi em São Paulo }

“O projeto para a sede da Xiaomi Brasil busca traduzir os valores e as caracteristicas da empresa através de seu escritório.” Arkiz Arquitetos

A Xiaomi a empresa que revolucionou o mercado de smartphones no mundo, chegou ao Brasil em Junho desse ano (2015) e eu como arquiteta curiosa queria saber como seria a sede da empresa chinesa em São Paulo, vou dividir o que achei com vocês.

O projeto da sede da Xiaomi em São Paulo exigia permeabilidade visual e integração entre os espaços, e com isso vemos que muito vidro foi utilizado no projeto.

Vidros da sede da Xiaomi em São Paulo

A copa recebe destaque com a cor laranja que é a cor da marca, e para separá-la do espaço de trabalho há um painel em vidro incolor temperado 10mm, que permite a integração dos espaços mas sem que a conversa e os aromas dos alimentos invadam o escritório.

Vidros da sede da Xiaomi em São Paulo

O painel de vidro tem três divisões já que seu tamanho é bem grande e é fixado por um perfil U na cor branca, que se funde com as paredes da copa.

Vidros da sede da Xiaomi em São Paulo

Essa sala recebeu portas de correr na cor branca com trilho embutido no teto e sem trilho na parte de baixo, as portas além de intregrar/separar os ambientes, também pode ser utilizada como quadro branco para recados ou mesmo reuniões.

Vidros da sede da Xiaomi em São Paulo Vidros da sede da Xiaomi em São Paulo

No corredor do andar superior vemos o guarda corpo em vidro laminado e temperado incolor fixado com botões, que integra os dois pavimentos sem ser um obstáculo visual.

Vidros da sede da Xiaomi em São Paulo

A sala de descanso (ou descompressão) recebeu portas de correr em alumínio natural fosco e vidro incolor canelado de 10mm, que permite a integração porém com privacidade.

Vidros da sede da Xiaomi em São Paulo

[Glass Farm – uma fazenda de vidro, literalmente]

[:en]

Hoje vou falar de um projeto que despertou a minha curiosidade à um tempo atras e quero dividir com vocês.

A Glass Farm (fazenda de vidro) fica em Schijndel, uma cidade Holandesa que sofreu muitas avarias durante a Segunda Guerra Mundial. O espaço onde a Glass Farm foi construída era ocupado por um mercado, e ficou vazio desde que foi destruído.

Winy Maas, um dos sócios do escritório MVRDV, cresceu nessa cidade e desde 1980 ele vinha tentando projetar algo que substituísse a estrutura destruída do mercado. Ele propôs seis projetos diferentes para o espaço, até que seu sétimo projeto foi aprovado pela cidade mas só porque seu projeto fazia referência à arquitetura das fazendas tradicionais do local.

Schijndel Markt De glazen

Os arquitetos do MVRDV pediram a um fotógrafo que tirasse fotos de fazendas tradicionais existentes na região e uniram as características de diversas construções que juntas formam o estereotipo de uma casa típica da região.

O mais legal desse projeto é que a fachada e telhado são compostos somente de vidro, e esses vidros receberam impressão das fotos que imitam perfeitamente paredes de tijolos, telhas e palha no telhado despertando sensação de nostalgia aos usuários.
BH0-ZnQCAAExHn5.jpg-large

Para o projeto ficar tão realista, foi utilizada o sistema de pele de vidro, onde o vidro é fixado à frente da estrutura que o suporta, então só o que se vê são os painéis de vidro juntos um do outro.

Abaixo dois esquemas que mostram como isso funciona.

                                images images-2

Essa foto interna do projeto nos permite ver como a estrutura é composta de montantes verticais e horizontais que fixam os vidros e formam a estrutura do edifício.

dezeen_Glass-Farm-by-MVRDV_ss_10

Abaixo mostrando a estrutura sem o vidro e com o vidro:

Glass-Farm-Schijndel-obra-2mvrdv_glass_farm_netherlands_06

O projeto tem uso misto, e apesar de parecer pequeno ele é bem grande. Dentro dele há lojas, cafés, restaurantes, escritórios, floricultura, academia e até escola de yoga.

Screen Shot 2015-08-25 at 11.09.29 AM

Glass-Farm-Schijndel-02

Glass-Farm-by-MVRDV-Schijndel-The-Netherlands-04

Dezeen_Glass-Farm-by-MVRDV_ss_9 Dezeen_Glass-Farm-by-MVRDV_ss_8

31064_l

Por causa das estações bem definidas, inverno com neve e verão bem quente os vidros são insulados (duplos) diminuindo a troca de temperatura interna e externa do edifício. Já que entre os vidros há um espaço com ar (ar seco para evitar condensação por dentro do sistema já que não dá pra limpar) o calor e o frio têm mais dificuldade de atravessar.

vidro-_26-06-12_a55cbfb0d7full

É um projeto que com certeza foi muito polêmico em sua aprovação mas que uniu tecnologia e tradição.

Dezeen_Glass-Farm-by-MVRDV_ss_5

Glass-Farm-by-MVRDV-Schijndel-The-Netherlands-02

Schijndel Markt De glazen boerderij

Dezeen_Glass-Farm-by-MVRDV_1sq 36e7c497cd7bd813177617bb2b89e9dcO vidro definitivamente é o material do século, ele nos permite inovar cada vez mais! Até a próxima.[:pb]

Hoje vou falar de um projeto que despertou a minha curiosidade à um tempo atras e quero dividir com vocês.

A Glass Farm (fazenda de vidro) fica em Schijndel, uma cidade Holandesa que sofreu muitas avarias durante a Segunda Guerra Mundial. O espaço onde a Glass Farm foi construída era ocupado por um mercado, e ficou vazio desde que foi destruído.

Winy Maas, um dos sócios do escritório MVRDV, cresceu nessa cidade e desde 1980 ele vinha tentando projetar algo que substituísse a estrutura destruída do mercado. Ele propôs seis projetos diferentes para o espaço, até que seu sétimo projeto foi aprovado pela cidade mas só porque seu projeto fazia referência à arquitetura das fazendas tradicionais do local.

Schijndel Markt De glazen

Os arquitetos do MVRDV pediram a um fotógrafo que tirasse fotos de fazendas tradicionais existentes na região e uniram as características de diversas construções que juntas formam o estereotipo de uma casa típica da região.

O mais legal desse projeto é que a fachada e telhado são compostos somente de vidro, e esses vidros receberam impressão das fotos que imitam perfeitamente paredes de tijolos, telhas e palha no telhado despertando sensação de nostalgia aos usuários.
BH0-ZnQCAAExHn5.jpg-large

Para o projeto ficar tão realista, foi utilizada o sistema de pele de vidro, onde o vidro é fixado à frente da estrutura que o suporta, então só o que se vê são os painéis de vidro juntos um do outro.

Abaixo dois esquemas que mostram como isso funciona.

                                images images-2

Essa foto interna do projeto nos permite ver como a estrutura é composta de montantes verticais e horizontais que fixam os vidros e formam a estrutura do edifício.

dezeen_Glass-Farm-by-MVRDV_ss_10

Abaixo mostrando a estrutura sem o vidro e com o vidro:

Glass-Farm-Schijndel-obra-2mvrdv_glass_farm_netherlands_06

O projeto tem uso misto, e apesar de parecer pequeno ele é bem grande. Dentro dele há lojas, cafés, restaurantes, escritórios, floricultura, academia e até escola de yoga.

Screen Shot 2015-08-25 at 11.09.29 AM

Glass-Farm-Schijndel-02

Glass-Farm-by-MVRDV-Schijndel-The-Netherlands-04

Dezeen_Glass-Farm-by-MVRDV_ss_9 Dezeen_Glass-Farm-by-MVRDV_ss_8

31064_l

Por causa das estações bem definidas, inverno com neve e verão bem quente os vidros são insulados (duplos) diminuindo a troca de temperatura interna e externa do edifício. Já que entre os vidros há um espaço com ar (ar seco para evitar condensação por dentro do sistema já que não dá pra limpar) o calor e o frio têm mais dificuldade de atravessar.

vidro-_26-06-12_a55cbfb0d7full

É um projeto que com certeza foi muito polêmico em sua aprovação mas que uniu tecnologia e tradição.

Dezeen_Glass-Farm-by-MVRDV_ss_5

Glass-Farm-by-MVRDV-Schijndel-The-Netherlands-02

Schijndel Markt De glazen boerderij

Dezeen_Glass-Farm-by-MVRDV_1sq 36e7c497cd7bd813177617bb2b89e9dcO vidro definitivamente é o material do século, ele nos permite inovar cada vez mais! Até a próxima.[:]