Espelhos, dicas de como dividi-lo!

Muitas vezes escolhemos revestir uma parede toda em espelho, afinal ele aumenta e traz mais sofisticação aos ambientes!

E geralmente queremos esse espelho inteiro, sem divisões, mas para aquela peça de espelho chegar até a parede onde será instalada ela precisa passar por portas, corredores estreitos, subir pelas escadas… E tudo isso acaba limitando a dimensão da peça e precisamos dividi-la em partes para poder entrar com ela no ambiente escolhido.

Often we choose to cover an entire wall in mirror, after all it creates the illusion that the room is bigger and brings sophistication to the environment!

Usually we want this mirror whole, without divisions, but for that mirror piece to get to the wall where it will be installed it must go through doors, narrow corridors, up the stairs… And it all ends up limiting the size of the piece so it is necessary to divide it in parts so we are able to use it in the chosen room.

divisão de painel em espelho

Isso parece um problema quando você imagina, e até consegue visualizar um espelho inteiro colocado naquela parede! Porém, dividir o painel não quer dizer que tenha que ficar feio, há diversas maneiras de dividir um espelho e vou dar dicas de como dividi-lo para um melhor resultado!

This seems like a big problem when you had wanted an entire mirror piece placed on the wall! However, dividing the mirror does not mean it has to be ugly, there are nice ways to split a mirror and I’ll give some tips on how to divide it for best results!

Dicas para divisão de painel em espelho:

A melhor maneira de dividir um painel em espelho é não fazer o óbvio! Quando você pede para a vidraçaria fazer, eles fazem o mais simples – até porque eles não querem interferir no projeto. Eles geralmente dividem em partes iguais a dimensão total do painel.

The best way to split a mirror panel is not to make the obvious choice! When you let you glass store do the divisions, they do the most simple choice – because they do not want to interfere in the project. They generally share equally the total size of the pane, splitting in half or more pieces as necessary.

divisão de painel em espelho

O que não quer dizer que seja feio, mas nem sempre a solução agrada a todos e por isso vou mostrar como geralmente lido com o assunto para que a divisão pareça ter sido concebida em projeto, para que pareça proposital!

Nesse painel por exemplo, a divisão ficou legal mas não sei se foi proposital. Se houvesse um alinhamento entre as divisões do espelho e as divisões da pedra? Não ficaria bem mais limpo e com aspecto de proposital?

Does not mean it’s ugly, but not always that solution appeals to everyone and so I will show how I often deal with the subject so that the division appears to have been conceived in design, so it looks purposeful!

In this panel for example, the division was cool but I do not know if it was deliberate. What if there was an alignment between the mirror divisions and divisions of stone? There would be much cleaner and looks purposeful right?

divisão de painel em espelho

Então a primeira dica é

Tente alinhar as divisões com a decoração do ambiente, já que o espelho deve ser uma das últimas coisas instaladas (por risco de quebra e também para o encaixe perfeito dele com o que estará encostado diretamente nele como rodapé, gesso, moldura, marcenaria, pedra…) o melhor é deixar para definir as divisões na medição da peça.

Try to align the divisions with the environment decoration, since the mirror must be one of the last things installed (for risk of breakage and also for the perfect fit), it’s best to make definitions when measurements for the piece is made.

Um exemplo é essa divisão que segue a mesma linguagem do painel em madeira:

An example is this division that follows the same pattern of the wood panel:

divisão de painel em espelho

A segunda dica é

Não faça divisões óbvias! O mais fácil sempre vai ser fazer divisões iguais, mas mais fácil não quer dizer mais bonito, não é mesmo? Então use a criatividade e fuja do comum.

Do not make obvious divisions! It will always be easier to make equal divisions, but easier does not mean more beautiful, does  it? Then use creativity and escape the ordinary.

O painel à seguir fez uso de “junta seca” entre as peças de espelho, e a divisão é inesperada e muito interessante. Dividir a peça não quer dizer fazer pecinhas pequenas, basta apenas que as peças consigam chegar até o ambiente onde serão instaladas!

The following panel made use of “dry joint” between the glass pieces, and the division is unexpected and very interesting. Dividing the piece does not mean making small little pieces, just only the parts are able to get to the room where will be installed !

divisão de painel em espelho

Mas se quiser fazer peças menores, esses dois exemplos abaixo são bem legais também. But if you want to use smaller pieces, these two examples are pretty nice too.

divisão de painel em espelho

Terceira dica

Divisões com muitos detalhes, simétricos ou assimétricos acabam tendo um destaque maior no ambiente, o que torna a solução inadequada para ambientes que já têm muita informação. Então estude bem a combinação e prefira utilizar essa solução em ambientes mais “clean”.

Divisions with many details, symmetrical or asymmetrical end up with a greater emphasis on themselves, which makes inadequate solution for environments that already have much information. So think really well about the combination and prefer to use this solution in “cleaner” spaces.

divisão de painel em espelho

 

Dica número quatro

Bisotê, ter ou não ter? Bom, o bisotê já esteve super na moda, depois saiu de moda e agora há quem só use espelho com bisotê e há quem o abomine. Realmente é uma questão de gosto!

Beveled, yes or no? Well, beveled was once super trendy, then went out of fashion and now there are those who only use the mirror with beveled and there are those who can’t stand it. It is really a matter of taste!

Porém na minha opinião, decorações mais sóbrias, masculinas e com uma pegada mais industrial não combinam com o bisotê. Prefiro utilizar o bisotê em ambientes mais clássicos e moderninhos como o da imagem abaixo.

But in my opinion, more sober decorations and with a industrial look do not match the beveled. I prefer to use the beveled in  classic and hipsters decorations as the image below.

divisão de painel em espelho

 

Quinta dica

Para acertar no bisotê a minha dica é: quanto menor o tamanho do bisotê, mais delicado o resultado. Eu particularmente prefiro o bisotê de 5mm, acho mais delicado e não “pesa” no resultado final.

To get the best result of the beveled, here is my tip: the smaller the beveled size, the more delicate the result. I particularly prefer the beveled of 5mm size, I think it doesn’t “weight” on the final result.

Um exemplo dele abaixo:

divisão de painel em espelho

Para você que tem dúvidas sobre as larguras do bisotê, abaixo um pequeno resumo:

espelho bisotê

É bom lembrar, que para espelhos de espessura menor (3 e 4mm) a dimensão do bisotê também precisa ser menor, para evitar que a peça fique frágil, o que pode ocasionar uma eventual quebra, inclusive no transporte. Sugiro bisotê de 5, 10 0u 15mm.

It is worth remembering that for thinner mirrors (3 and 4mm ) the size of bevels also need to be smaller to prevent the piece to be too fragile, which can lead to a possible break, even in transportation. I suggest a bevel of 5, 10 0u 15mm .

Dica de número 6

O encontro de duas peças de espelho bisotadas pode ser interessante para muitos, e informação em excesso para outros. Uma maneira interessante de diminuir esse efeito é fazendo o bisotê da borda externa de uma espessura (ex: 20mm) e o bisotê das divisões internas com metade dessa espessura (ex: 10mm).

The meeting of two pieces of beveled mirror can be interesting for many, and too much information to others. An interesting way to reduce this effect is making the bevel outer edge more thick (eg 20mm) and the bevel of internal divisions with half of that thickness (eg 10mm).

Como não achei imagens, fiz essa imagem que representa a idéia. As laterais em bisotê de 20mm e os bisotês internos com espessura de 10mm.

divisão de painel em espelho

Inclusive eu adoro a divisão acima, ela funciona para cabeceira de cama, painel atras de aparador, espelhos de banheiro… Exemplo dessa divisão de painel no quarto (mas sem o bisotê):

I love the division above, it works for headboard panel, bathroom mirrors … An example of this panel division in the bedroom (but without the bevel):

divisão de painel em espelho

A não ser, que você queira o efeito que o encontro de bisotê tem, como no exemplo abaixo que está exagerado mas que é uma solução bem legal para uma parede espelhada!

Unless, you want the effect that the meeting of beveled has, as in the example below it is exaggerated but it’s a pretty cool solution for a mirrored wall!

divisão de painel em espelho

Um exemplo dessa idéia bem legal é o ambiente abaixo, que tomou o bisotê como elemento para caracterizar o tijolinho na decoração.

divisão de painel em espelho tijolinho

 Ou o projeto abaixo que usou os tijolinhos verticalmente!

divisão de painel em espelho tijolinho

Sétima dica

As pessoas gostam de se ver por inteiro no reflexo, sem nada que atrapalhe a visão. Portanto, em locais como banheiros, quartos, hall (os que fazem selfie no espelho vão concordar) e closets, tente fazer apenas divisões verticais permitindo assim que a pessoa se enxergue por inteiro no reflexo. Especialmente se o espelho for de corpo inteiro!

People like to see their full body in the reflection, with nothing to distract the view. Therefore, in places such as bathrooms, bedrooms, halls (those who like selfie in the mirror will agree) and closets, try to make only vertical divisions allowing the person to see their entire body in the reflection.

divisão de painel em espelho

Mas caso o a altura da parede seja muito grande para fazer o espelho inteiro na vertical, você pode fazer uma “moldura” com o próprio espelho e deixar o meio livre de divisões.

But if the wall height is too large to make mirror divisions only vertically, you can make a “frame” with the mirror itself and let middle free of divisions.

divisão de painel em espelho

divisão de painel em espelho

Eu dei essa dica para evitar que a pessoa fique “dançando” na frente do espelho ao tentar ver o seu reflexo. Imagine você tentando olhar seu look completo na situação abaixo, menos agradável do que se ver num espelho sem interferência certo?

This tip is useful to prevent people from “dancing” in front of the mirror trying to see their full reflection. Imagine trying to look your complete outfit at the situation below, less enjoyable than seeing a mirror without interference right?

divisão de painel em espelho

Dica 8

Quando há  um rebaixo ou recuo no gesso, como tabica, sanca ou algo do gênero, surge a dúvida: Subir o painel até o a parte mais alta ou finaliza-lo junto com a parte mais baixa do gesso?

When there is a recess or indentation in the plaster, as the picture below, a question arises: Use the mirror to the highest point of the ceiling or end it with the lower part of the cast?

divisão de painel em espelho

As duas soluções são possíveis e como outras coisas, é questão de gosto. Eu prefiro o espelho indo até o final, passando da tabica ou sanca, encostando na parte mais alta do gesso (mais perto da laje).

Those two solutions are possible and as other aspects, it is a matter of taste. I prefer the mirror going to the highest point, passing the molding, touching the highest part of the ceiling (closer to the slab).

Acho que passa uma sensação melhor, do que a situação abaixo onde o espelho acaba junto com a parte mais baixa da tabica.

I believe it gives a better sensation than the situation where the mirror ends just below with the lowe part of the ceiling.

divisão de painel em espelho

Mas se o painel em espelho for até o final, fique atento ao acabamento da tabica ou sanca que será refletido e poderá ser visto mesmo de longe. Além de imperfeições o painel também pode expor lâmpadas ou fiações que deveriam ser ocultadas pelo gesso.

Abaixo o espelho mostra algum detalhe na cor preta de que deveria estar oculto na sanca. Então fique atento!

divisão de espelho

Nona dica

Quando quiser esconder uma porta com um painel em espelho, use a divisão para esconder o “recorte” da porta. Abaixo temos um excelente exemplo de como fazer isso, a divisão da porta foi usada como base para a divisão do restante do painel e o efeito ficou perfeito!

When you want to hide a door with a mirror panel, use the division to hide the “cut” of the door. Below is an excellent example of how to do this, the door division was used as the basis for the rest of the division and the effect was perfect!

Aqui foi usado aquele fecho-toque (utilizado em armários de cozinha) o que permitiu não ter uma fechadura ou maçaneta.

Here it was used that lock-ring (used in kitchen cabinets) which allowed not to have a lock or handle.

divisão de espelho

Mas quando for revestir uma porta em espelho, fique atento aos detalhes. Essa porta abre para dentro o que permite revesti-la completamente em espelho. Se ela abrisse para fora, seria necessário dar um desconto de espaço para abertura da porta o que quer dizer que é necessário fazer o espelho 1 a 2cm menor que a porta para evitar que o espelho bata em algo na abertura e se quebre. Ou seja, fica um espacinho sem espelho.

Se houverem dobradiças, o cuidado é o mesmo! 😉

When using mirror to hide a door, pay attention to details. This door opens to the inside of the kitchen, allowing to coat it completely in mirror. If it opened out, it would be necessary that the mirror piece were smaller then the door for opening without braking the mirror, which means that you need the mirror 1 to 2cm less than the door to prevent the mirror hitting something in the opening and breaking. For that, it would leave a little space of the door without mirror.

Dica numero 10

Gostou do que viu aqui e quer mais dicas, idéias e informações sobre espelhos? Você pode encontrar mais idéias de painéis em espelho aqui  e ver a tendência de espelho no teto aqui. Nesses outros posts há mais informações técnicas sobre espelhos e muito mais idéias.

Like what you saw here and want more tips, ideas and information about mirrors? You can find more ideas on mirrors here and see trends on mirror in ceilings here. These other posts have more technical information on mirrors and more ideas.

Mas se quiser fazer uso de diferentes tipos de vidro na decoração, dá uma olhada nesse post aqui!

Tendência: Espelho no teto!

Não é recente a aplicação de espelho no teto, porém desde o final ano passado venho notando uma tendência maior na utilização de espelho no teto na decoração, acima de mesas de jantar, bancadas de cozinha e salas de estar.

Utilizar o espelho no teto, ajuda a aumentar a sensação de amplitude do ambiente, aumentando a sensação do pé direito e espalhando luminosidade pelo espaço, além de trazer sofisticação ao ambiente quando bem aplicado.

IMG_0664

Espelho no teto em qualquer ambiente.

O espelho no teto pode ser aplicado em qualquer ambiente, tudo vai depender da proposta e da preferência de cada um. Do banheiro à cozinha, vamos ver diversas aplicações e a melhor forma de fazê-las.

espelho no teto

O acabamento deve dialogar  e manter uma unidade com o restante da decoração, não destoando do resto do ambiente, o que pode trazer um efeito ruim para a decoração.

Abaixo o espelho ganhou uma moldura branca, bastante atual, o que combinou muito bem com o restante dos objetos e da decoração.

espelho no teto

O banheiro abaixo recebeu um grande painel de espelho no teto, com lapidação reta e “junta seca”, o acabamento ficou perfeito com as bordas do espelho ultrapassando o limite da sanca de gesso.

espelho no teto

Esse corredor recebeu o espelho em profundidade no gesso, ampliando e trazendo um detalhe sofisticado para o espaço. Esse tipo de aplicação permite um bom acabamento, com o espelho encaixado no recorte do gesso. Mas a qualidade do acabamento sempre vai depender de quão reto o acabamento do gesso está, já que o espelho amplia e destaca defeitos no gesso.

espelho no teto

A sala de estar abaixo recebeu um painel de espelho bronze, e cada peça de espelho tem bisotê de 1cm destacando os encontros entre as peças.

espelho no teto

Nessa imagem abaixo podemos ver como o espelho reflete a luz natural, espalhando pelo ambiente. Esse painel foi fixado em uma estrutura de vigotas em madeira, o que trouxe um ar mais rústico em contraponto com os móveis e decoração mais contemporânea.

espelho no teto

A solução de painel em espelho que tem continuidade no teto também é uma solução muito bonita e que tem sido bastante utilizada em mostras de decoração pelo Brasil à fora esse ano. Geralmente no espaço destinado à mesa de jantar, mas banheiros e lavabos ganham sensação de amplitude com essa solução.
espelho no teto

Já o espelho dessa sala de jantar, é encaixado em uma leve entrada no gesso, e foi dividido de um modo que ele parece ter uma moldura em espelho onde há luminárias fixadas. O espelho é na cor bronze, que deixa o espaço mais intimista.

espelho no teto

Abaixo foi utilizado um espelho fumê, fixado em um rebaixo com acabamento em madeira e luminárias foram distribuídas ao centro de cada peça de espelho.

espelho no teto

O painel a seguir parece mais uma escultura, por ter tantos detalhes e um efeito 3D devido aos volumes e assimetria. Esse tipo de painel é feito em madeira ou MDF, fixado no teto e revestido em espelhos. Transforma qualquer ambiente, não é mesmo?

espelho no teto

Espaços comerciais também podem ter espelho no teto!  O espaço abaixo recebeu iluminação embutida entre os dois vãos de espelho, uma solução que além de muito bonita é eficiente.espelho no teto espelho no teto

A divisão do painel em espelho pode seguir a mesma linguagem do piso, criando uma unidade na decoração. Tenho visto muitos pendentes junto com o espelho, e gosto da solução. Mas a iluminação pode ser indireta e embutia no gesso sem problema nenhum.

espelho no teto

E que tal o espelho bronze no teto desse quarto? Encaixado no rebaixo do gesso e com acabamento em alumínio na junção das peças!

espelho no teto

Outra maneira legal é ser criativo como a imagem abaixo que utilizou molduras de quadros de todos os tipos na cor dourada e ao invés de pinturas, espelho cristal com bisotê de 0,5cm. Que efeito interessante!

espelho no teto

Talvez a inspiração tenha vindo de tetos com espelhos emoldurados como o teto abaixo. Esse tipo de acabamento foi muito utilizado na França a mais de 80 anos atras, e complementar com espelhos dá um toque de modernidade!

espelho no teto

Dicas importantes!

1- O forro de gesso que for receber um painel de espelho deve ser estruturado para aguentar o peso do painel, o modo como o gesso é fixado na laje aguenta o peso do gesso mas pode não aguentar o peso do espelho e por isso é necessário estruturar para que aguente.

espelho no teto

2- Se o espelho for colado no gesso, o gesso não pode estar irregular. O gesso quando irregular faz com que o espelho fique com distorções perceptíveis na imagem refletida, o que não fica bonito! Na imagem abaixo podemos ver que os espelhos têm distorções.

espelho no teto

O espelho pode ser fixado de diversas maneiras, colado no gesso, ser fixado em estrutura de alumínio, ser encaixilhado… Tudo vai depender do tipo de acabamento desejados.

Casa de vidro

Hoje vim falar sobre uma casa de vidro que me chamou muito a atenção pela beleza e integração do interior e exterior com muito uso do vidro!

Gosto de mostrar projetos inteiros que ilustram o uso do vidro com maestria, isso mostra como o vidro não é apenas o coadjuvante do conjunto mas como ele possibilita infinitas interações e usos.

Fachada:

casa de vidro

 Esse é a residência MT, que fica em Monterrey no Mexico, foi feita pelo escritório GLR Arquitectura e evidencia o uso do vidro em suas fachadas, garantindo muita iluminação natural e integração dos cômodos com a linda vista.

Casa de vidro

Na sala de estar o fechamento em vidro laminado tem estrutura de apoio também em vidro, o que garante total transparência e leveza ao projeto, usando a vista como foco principal do ambiente.

casa de vidro

Os perfis de fixação superior e inferior estão embutidos no gesso e no piso respectivamente, o que traz maior leveza ao conjunto e fica visualmente mais interessante.

As escadas externas e área íntima descoberta tem guarda corpo em vidro laminado incolor, utilizando a mesma linguagem e garantindo a visibilidade total do ambiente em volta.

casa de vidro

Área externa:

casa de vidro

A varanda é coberta e mantém a linguagem utilizada na sala de estar, com um guarda corpo em vidro laminado incolor com perfis embutidos na laje.

casa de vidro

Na imagem acima é possível ver a relação entre a parede de vidro e o guarda corpo em vidro e como eles permitem uma vista de 180 graus da paisagem.

casa de vidro

A área da piscina também aproveita a paisagem sem barreiras visuais, e dá continuidade ao uso do guarda corpo em vidro laminado com perfis embutidos.

casa de vidro

Na churrasqueira o vidro continua presente, mas para garantir uma maior privacidade, um jardim foi plantado em frente ao vidro.

Área interna:

O espelho se faz presente na decoração, ajudando a difundir a iluminação natural, ampliando ainda mais o ambiente e de quebra reproduzindo a paisagem que está bem em frente.

Casa de vidro

Essa estante com fundo em espelho uniu funcionalidade e estética, é possível ter o efeito de um painel de espelho em estantes apenas revestindo o fundo dos nichos.

A sala de jantar também fez uso de um painel em espelho, ampliando o ambiente e difundindo a iluminação artificial.

Casa de vidro

A mesa tem um tampo em vidro fumê de 15mm, o que a deixa com um aspecto bem escuro e menos translúcido, um charme né?

casa de vidro

O banheiro também seguiu a arquitetura minimalista e conta com um box de piso ao teto com ferragens leves e discretas.

Casa Cor Rio 2015 e seus vidros!

A 25ª edição da Casa Cor Rio de Janeiro acontece até dia 04/10/2015 na Villa Aymoré, na Glória, em um conjunto de 10 casas, que faz parte da história da cidade.

A mostra conta com 42 ambientes com estilos supercontemporâneos, que misturam moradia e trabalho, com a participação de arquitetos como Lia Siqueira, André Piva, Gisele Taranto, Jairo de Sender, Marina Linhares entre outros.

O projeto da Gisele Taranto, o Lab LZ by GT chamou muito a minha atenção por usar no piso utilizando cacos de espelhos coberto por um vidro incolor.vidros casa cor

O piso recebeu uma estrutura metálica preta que recebeu no topo vidro temperado e laminado incolor, no vão criado pela estrutura metálica muitos cacos de espelho foram distribuídos e o efeito foi surpreendente, o resultado desafia os sentidos já que parece que estamos pisando em cacos.

vidros casa corvidros casa corvidros casa cor

O Living da Praia de Paola Ribeiro tem um recuo na parede azul para a bancada, revestido nas laterais por madeira e por um painel de espelho no fundo e na direita podemos ver a Tv escondida atras do painel.

vidros casa cor

A Sala de Estar Bela Arte de Ricardo Melo e Rodrigo Passos também usa um painel de espelho bastante interessante, dividido em várias peças verticais.

vidros casa cor

O “Apartamento do Jovem de 50 anos” de Caco Borges também utilizou o espelho como fundo da bancada da pia, ampliando o ambiente.
vidros casa cor

Sala por Billy Talbot e Cecília Teixeira com fundo da bancada revestido em espelho, destacando a iluminação e ampliando o ambiente.

vidros casa cor

Apesar dos muitos ambientes e de um ser mais interessante que o outro, esses foram os que chamaram minha atenção pelo uso do vidro!

Fotos retiradas do site da Casa Cor.