Vidro transforma casa dos anos 60!

O studio americano MW Works transformou essa casa em Seattle, que é de meados dos anos 60, com uma reforma onde diversas paredes forram derrubadas e foram substituídas por vidro criando um layout mais aberto e integrando os jardins à casa.

American studio MW Works has knocked down walls and added glazing in this 1960s home in Seattle, to create a more open layout and connecting inside and outdoors.

vidro tranforma casa dos anos 60

Essa linda residência de 800 m2 foi compra por um jovem casal com dois filhos pequenos e que quiseram reformá-la para que atendesse ao estilo de vida deles.

This beautiful 800-square-foot residence was purchased by a young couple with two small children, who wanted it renovated to suit their lifestyle.

vidro tranforma casa dos anos 60

“A disposição dos ambientes da casa era muito boa, porém os ambientes eram muito delimitados para comportar o dia-a-dia dos novos proprietários”, diz a MW Works.

“The layout of the home was very well considered, but the character and flow between spaces wasn’t a good fit for the daily patterns of the new owners,” said MW Works.

vidro tranforma casa dos anos 60

Aqui a parede deu espaço para uma esquadria em alumínio com pintura que imita madeira, com vidro incolor temperado. A vantagem de usar esquadria em alumínio é a durabilidade, a madeira requer diversos cuidados e manutenção que o alumínio não precisa.

Here the previous wall made room for an aluminum frame with colorless tempered glass, the frame has paint that imitates wood. The advantage of using aluminum frames is durability, wood requires a lot of care and maintenance that aluminum does not need.

vidro tranforma casa dos anos 60

 Até mesmo o banheiro ganhou uma clarabóia que rasga o teto de fora a fora, o que permite ver o céu e garante muita iluminação natural. No caso de clarabóias, o vidro deve ser sempre laminado!

Even the bathroom has gained a skylight that rips the ceiling across the room, allowing to see the sky and ensuring plenty of natural light. In the case of skylights, the glass should always be laminated!

vidro tranforma casa dos anos 60

Espaços que antes tinham apenas janelas comuns de tamanho padrão, receberam grandes panos de vidro de piso ao teto para que o jardim fosse visto em todas as áreas de circulação e convívio.

Spaces that once had single-pane windows,  had walls replaced with glass apertures that stretch from floor to ceiling so openings around the courtyard, circulation paths and informal spaces can be linked with the courtyard.

vidro tranforma casa dos anos 60

O escritório também re-concebeu a cozinha, que anteriormente tinha paredes que faziam a divisão entre ela e a sala de jantar e a isolava das áreas de convivência. Mas mesmo com a limitação estrutural da casa, foi possível derrubar paredes e abrir a cozinha para a casa e para o exterior, permitindo uma transição contínua entre as áreas.

The studio also re-conceived the kitchen, which formerly was walled off from the dining area and isolated from other living zones. Through limited structural modifications, the team was able to open up the kitchen, providing seamless transitions to the dining and living rooms, as well as the backyard.

vidro tranforma casa dos anos 60

Esse projeto nos mostra como aberturas maiores modificam a interação entre ambientes e a ampliação de espaços com o uso do vidro.

Para ver outros exemplos, dá uma olhada nos links ali no lado direito da tela e veja outras possibilidades do vidro na arquitetura!

This project shows us how larger openings modify the interaction between environments and the enlargement of spaces with the use of glass.

To see other examples, take a look at the links there on the right side of the screen and see other possibilities of glass in the architecture!

{ Pisos de vidro }

Se tem uma coisa que me traz uma excelente sensação em projetos é a iluminação natural, e pisos de vidro além de toda a sua beleza e leveza permitem que a iluminação natural se propague pelos cômodos e espaços do projeto.

Pisos de vidro:

pisos de vidro

Falei do projeto acima nesse post sobre iluminação natural zenital (do teto), mas ele é um ótimo exemplo de como o piso de vidro pode deixar a luz do ambiente superior passar para o ambiente inferior. Isso porque a Vertical Glass House (Xangai) tem uma abertura no teto, por onde a luz entra e essa luz é propagada pelos 3 andares por pisos de vidro!

O projeto abaixo é um triplex que fica na Romênia, ilustra perfeitamente a idéia da iluminação natural e de quebra é um belíssimo projeto em vidro incolor laminado com estrutura em aço inox.

O guarda-corpo da escada segue a mesma idéia de deixar a iluminação natural passar e uma mesma peça une o vão dos dois lances de escada. (Falei sobre guarda-corpo nesse post aqui)

Pisos de vidro Pisos de vidro

Segundo a norma da ABNT, a NBR 7199 todo piso de vidro DEVE ser laminado! Já que em uma eventual quebra o vão não se abre e os cacos de vidro ficam colados no intercalante, garantindo que nenhum usuário se machuque com esse vidro. (Sobre vidros laminados veja esse post!)

Pisos de vidro

Outra dica é temperar a lâmina de vidro que ficará por cima do conjunto, isso garante uma maior resistência à impactos caso alguém derrube algo pesado em cima do piso. (Sobre vidros temperado eu falei aqui)

Outros tipos de vidro:

E se você está pensando que o vidro incolor tira muito a privacidade, é possível utilizar um vidro acidato ou até mesmo um vidro impresso (apesar do nome, o vidro impresso é um vidro com desenhos em alto ou baixo relevo).

Pisos de vidro Pisos de vidro

A vantagem do vidro impresso é que você pode escolher um modelo anti-derrapante e ter ainda mais segurança na sua solução, principalmente se for perto de uma área molhada.

Especificando pisos de vidro:

Para dimensionar o piso de vidro, adota-se sempre normas internacionais já que no Brasil ainda não há normas específicas para essa aplicação e os parâmetros europeus são bastante elevados. Normalmente, a carga considerada é de pelo menos 500 kgf/m2 para essa definição são usadas as normas européias e alguns cálculos que obedecem a critérios estabelecidos pela ABNT.

living-da-academiapisos de vidro

Pisos de vidroPisos de vidro

Para facilitar o dia-a-dia, a Cebrace disponibiliza um programa online que faz o calculo da espessura do vidro conforme a dimensão da peça. Por esse link você entra na área de calculo de espessura e escolhe pisos de vidro! O programa é bem auto explicativo, basta colocar as dimensões da peça em metros e responder qual o uso e se terá peso concentrado, serão sugeridos 6 tipos de solução, se não aparecer nenhuma é porque a sua peça de vidro está muito grande e você precisa dividi-la.

sala-de-estar-com-piso-de-vidro-cobertura-triplex-em-tel-aviv-israel

O progama só calcula para pisos que têm os quatro lados apoiados, ou seja todo o perímetro do vidro tem que ter uma estrutura para se sustentar. Para vidros com dois ou três lados apoiados é necessário buscar alguém especializado para calcular.

O projeto acima mostra um piso de vidro onde as peças são apoiadas em duas extremidades (as laterais), o guarda corpo é apoiado na mesma estrutura do piso, porém os vidros não se tocam.

Já os projetos abaixo mostram peças de vidro apoiadas em seus quatro lados.

pisos de vidropisos de vidro

Pisos de vidro pisos de vidro

Pisos de vidro esportivos:

Outro piso de vidro muito legal que já comentei aqui no blog é o dessa quadra poliesportiva, o piso permite que iluminação de LED delimitem as linhas referentes a cada esporte. Os vidros utilizados nessa quadra são antiderrapantes, e a cor é definida de acordo com a base utilizada, e pode ser escolhida dentre diversas cores.

pisos de vidropisos de vidro

Por essa você não esperava não é mesmo?

Apesar de não estar em altura, o vidro também deve ser laminado, para evitar acidentes em caso de eventual quebra. Quer saber mais sobre essa quadra? Eu falei dela nesse post aqui, em vidros que iluminam o esporte.

pisos de vidro

Se quiser saber mais sobre as normas técnicas de vidro, eu fiz um resuminho fácil que você pode acessar por aqui!

[:]

{ Janelas para a alma … }

 

Olha quantas janelas para a alma da arquitetura desse projeto!

janelas para a alma

Este projeto situado em Clerkenwell – Londres, foi batizado de “Windows for the soul” (janelas para a alma) porque a reforma do antigo celeiro recebeu muito vidro nas fachas, teto e piso! O arquiteto manteve muito da antiga estrutura e contrapôs o novo e o antigo, onde paredes de tijolos se misturam com paredes e tetos de vidro.

janelas para a alma

A escada tem em sua volta no andar superior vidro laminado temperado 8mm, preso por botões. Em cima do guarda corpo na parte oposta à descida da escada, foi colocado um vidro que serve como bancada.

O telhado em vidro também é laminado incolor porém tem 12mm, ele é fixo, e junto com os janelões de vidro laminado (de acordo com as normas técnicas) trazem luz e integração em abundância para essa cozinha.

O piso em frente à escada também é em vidro laminado e temperado incolor de 12mm, e permite que toda essa iluminação seja projetada no andar de baixo e aproveitada pela biblioteca.

Na imagem abaixo podemos observar como a escada e o piso de vidro do pavimento superior trazem iluminação natural para a biblioteca.

janelas para a alma

Nas escadas ao invés de um guarda corpo de meia altura, foram utilizados dois painéis de vidro que vão do piso ao teto e fazem a proteção do vão.

janelas para a alma

A biblioteca também tem um piso de vidro por onde a luz da janela passa para iluminar o andar inferior. Nessa situação o vidro também precisa ser laminado de acordo com a NBR, a espessura sempre varia de acordo com a dimensão do vidro.

Oposta à cozinha, a sala de estar manteve a parede antiga mas com muito vidro para aproveitar a iluminação.

janelas para a alma

Abaixo a esquadria em aço escovado contrasta com os tijolos aparentes. A esquadria permite uma grande abertura do vão que integra a sala com o espaço de convívio externo. Nessa esquadria o vidro pode ser temperado que resiste mais que o vidro comum à pancadas acidentais. (Portas de vidro)

janelas para a alma

Os banheiros da casa também se destacam por utilizar muito espelho, com espelhos em paredes opostas que criam a constante repetição do espaço. Até mesmo as paredes do chuveiro são revestidas por espelhos.

janelas para a alma

No banheiro abaixo até mesmo teto é revestido por espelho, como essa residência é para aluguel de temporada, gostei muito da idéia. Pode ser cansativo para o dia-a-dia, mas muito legal para alugar por uma semana!

janelas para a alma janelas para a alma

O quarto abaixo fica ao lado da biblioteca e mostra como o piso de vidro fica sempre perto das janelas para que a luz desse pavimento chegue até o pavimento de baixo. Essa solução além de muito legal, ajuda a difundir luz natural e economiza em luz artificial!

janelas para a alma

Essa casa parece ser uma delícia para aproveitar um temporada em Londres, não acham?

Fotos por One Fine Stay.