Escritório de vidro!

Escritório com muito vidro!

Uma imobiliária na Cinha levou o vidro ao extremo em sua arquitetura… Esse escritório de vidro que tem paredes de espelho, divisórias em vidro de proteção e piso e teto em vidro incolor está no coração de Shangai e foi concebido pela AIM Architecture.

Escritório de vidro

Esse escritório na minha opinião é uma obra de arte, o projeto leva vidro em todos os ambientes de uma maneira bem clean e o resultado ficou lindo.

Escritório de vidro impactante…

Com ares futurista o hall de entrada do escritório merece destaque, ele é todo revestido em vidro extra clear pintado de branco com iluminação de LED embutida entre as peças, até as portas dos elevadores foram revestidas. O brilho e o acabamento do vidro são únicos e o aspecto final é impecável!

Escritório de vidro

Adorei essa solução porque ela mostra a versatilidade do vidro, ele não precisa ser aplicado somente em tampos e painéis, você pode ter uma parede toda ou até um ambiente inteiro com ele!

Escritório de vidro

E as vantagens são o brilho, a facilidade na limpeza (existe vidro antibacteriano que pode ser aplicado em consultórios, clínicas e hospitais!) e a infinidade de cores em que o vidro pode ser pintado.

Escritório de vidro

Se quiser ter uma idéia das possibilidades de cores, dá uma olhada nesse catálogo da Sayerlack.

Escritório de vidro transparente…

Os arquitetos foram muito feliz na escolha dos vidros. Além dos espelhos que revestem as paredes cegas do ambiente, o vidro incolor trouxe sensação de amplitude por ter sido aplicado no piso e no forro em todo o escritório.

Escritório de vidro

O vidro do forro e do piso são incolor, temperado e laminado o que une a estética e a segurança ao projeto conforme a norma! 😉 Não sabe as normas?? Clica aqui que eu resumi!

Escritório de vidro

Escritório de vidro refletindo…

Achei incrível essa solução para a sala de reuniões, o vidro é fixado no forro da sala deixando o vão livre do piso até 50cm de altura. O efeito é lindo, e o vidro é refletivo na cor champanhe (o aspecto mais transparente é devido à iluminação interna da sala) e temperado com 10mm de espessura.

Para acentuar o aspecto de leveza, a fixação do vidro cria um espaçamento entre o final do vidro e a laje, mantendo a linguagem de espaçamento entre piso e a divisória de vidro.

Escritório de vidro

O vidro tem um guarda corpo fixado nele para evitar que as pessoas trombem com o vidro já que não há sinalização, por questão estética.

Gosto de mostrar projetos que utilizam o vidro de proteção solar (refletivo) de maneira diferente, o aspecto do vidro traz uma diversidade de opções de uso como divisórias, tampos de mesa, painéis para esconder a Tv, entre outras muitas soluções…

Escritório de vidro

Escritório de vidro extra clear…

Já a sala que abriga uma maquete, o vidro é extra clear para garantir uma perfeita visualização da parte interna da divisória.
Escritório de vidro

O vidro que faz o papel de forro é fixado por spiders, também chamada de fixação tipo aranha. Para esse tipo de aplicação o vidro precisa ser laminado, para evitar que cacos se desprendam em caso de eventual quebra, e temperado por causa das furacões – vidros que têm furação são mais sucetíveis a quebra se não temperados.
Escritório de vidro

Gostou desse projeto? Eu também!!

Se quiser ver mais projetos inspiração é só dar uma olhadinha nos tópicos á direita e escolher. 😉

 

{ Pisos de vidro }

Se tem uma coisa que me traz uma excelente sensação em projetos é a iluminação natural, e pisos de vidro além de toda a sua beleza e leveza permitem que a iluminação natural se propague pelos cômodos e espaços do projeto.

Pisos de vidro:

pisos de vidro

Falei do projeto acima nesse post sobre iluminação natural zenital (do teto), mas ele é um ótimo exemplo de como o piso de vidro pode deixar a luz do ambiente superior passar para o ambiente inferior. Isso porque a Vertical Glass House (Xangai) tem uma abertura no teto, por onde a luz entra e essa luz é propagada pelos 3 andares por pisos de vidro!

O projeto abaixo é um triplex que fica na Romênia, ilustra perfeitamente a idéia da iluminação natural e de quebra é um belíssimo projeto em vidro incolor laminado com estrutura em aço inox.

O guarda-corpo da escada segue a mesma idéia de deixar a iluminação natural passar e uma mesma peça une o vão dos dois lances de escada. (Falei sobre guarda-corpo nesse post aqui)

Pisos de vidro Pisos de vidro

Segundo a norma da ABNT, a NBR 7199 todo piso de vidro DEVE ser laminado! Já que em uma eventual quebra o vão não se abre e os cacos de vidro ficam colados no intercalante, garantindo que nenhum usuário se machuque com esse vidro. (Sobre vidros laminados veja esse post!)

Pisos de vidro

Outra dica é temperar a lâmina de vidro que ficará por cima do conjunto, isso garante uma maior resistência à impactos caso alguém derrube algo pesado em cima do piso. (Sobre vidros temperado eu falei aqui)

Outros tipos de vidro:

E se você está pensando que o vidro incolor tira muito a privacidade, é possível utilizar um vidro acidato ou até mesmo um vidro impresso (apesar do nome, o vidro impresso é um vidro com desenhos em alto ou baixo relevo).

Pisos de vidro Pisos de vidro

A vantagem do vidro impresso é que você pode escolher um modelo anti-derrapante e ter ainda mais segurança na sua solução, principalmente se for perto de uma área molhada.

Especificando pisos de vidro:

Para dimensionar o piso de vidro, adota-se sempre normas internacionais já que no Brasil ainda não há normas específicas para essa aplicação e os parâmetros europeus são bastante elevados. Normalmente, a carga considerada é de pelo menos 500 kgf/m2 para essa definição são usadas as normas européias e alguns cálculos que obedecem a critérios estabelecidos pela ABNT.

living-da-academiapisos de vidro

Pisos de vidroPisos de vidro

Para facilitar o dia-a-dia, a Cebrace disponibiliza um programa online que faz o calculo da espessura do vidro conforme a dimensão da peça. Por esse link você entra na área de calculo de espessura e escolhe pisos de vidro! O programa é bem auto explicativo, basta colocar as dimensões da peça em metros e responder qual o uso e se terá peso concentrado, serão sugeridos 6 tipos de solução, se não aparecer nenhuma é porque a sua peça de vidro está muito grande e você precisa dividi-la.

sala-de-estar-com-piso-de-vidro-cobertura-triplex-em-tel-aviv-israel

O progama só calcula para pisos que têm os quatro lados apoiados, ou seja todo o perímetro do vidro tem que ter uma estrutura para se sustentar. Para vidros com dois ou três lados apoiados é necessário buscar alguém especializado para calcular.

O projeto acima mostra um piso de vidro onde as peças são apoiadas em duas extremidades (as laterais), o guarda corpo é apoiado na mesma estrutura do piso, porém os vidros não se tocam.

Já os projetos abaixo mostram peças de vidro apoiadas em seus quatro lados.

pisos de vidropisos de vidro

Pisos de vidro pisos de vidro

Pisos de vidro esportivos:

Outro piso de vidro muito legal que já comentei aqui no blog é o dessa quadra poliesportiva, o piso permite que iluminação de LED delimitem as linhas referentes a cada esporte. Os vidros utilizados nessa quadra são antiderrapantes, e a cor é definida de acordo com a base utilizada, e pode ser escolhida dentre diversas cores.

pisos de vidropisos de vidro

Por essa você não esperava não é mesmo?

Apesar de não estar em altura, o vidro também deve ser laminado, para evitar acidentes em caso de eventual quebra. Quer saber mais sobre essa quadra? Eu falei dela nesse post aqui, em vidros que iluminam o esporte.

pisos de vidro

Se quiser saber mais sobre as normas técnicas de vidro, eu fiz um resuminho fácil que você pode acessar por aqui!

[:]

A ponte de vidro dos corajosos!

A ponte de vidro mais longa do mundo.

Foi inaugurada recentemente a mais longa ponte do mundo com piso de vidro, a ponte tem 300m de comprimento e está a 180m do chão.

A ponte fica no Parque Geológico Nacional Shiniuzhai, na província de Hunan, e tem chamado muita atenção por seu piso envidraçado que permite ver a beleza bem abaixo dos pés dos visitantes.

ponte de vidro

 

A ponte recebeu o carinhoso apelido de “A ponte dos corajosos” (livre tradução para o português) por ser muito alta e seu piso em vidro fazer muita gente ter frio na barriga e quase desistir da travessia, como se tudo isso já não fosse vertiginoso o suficiente a ponte ainda balança com o vento!

ponte de vidroponte de vidro

Mas quem for passear por lá não precisa se preocupar, o piso em vidro tem 24 mm de espessura e é 25 vezes mais resistente do que os vidros de janelas comuns. E por ser composta por vidros laminados, mesmo em uma eventual quebra do vidro não é preciso se preocupar já que o vão não se abre.

ponte de vidroponte de vidro

Essa ponte já existia a muitos anos mas era de madeira, em 2011 os administradores do parque fizeram uma experiência trocando um pedaço da ponte por vidro, o sucesso foi tanto que eles resolveram trocar todo o piso de madeira por vidro. E tornando “a ponte dos corajosos” a primeira ponte suspensa com piso de vidro da China.

ponte de vidroponte de vidro

E você acha que eles ficaram satisfeitos com essa ponte? claro que não! Em breve deve ficar pronta mais uma ponte na mesma província de Hunan, porém em outro parque, o Zhangjiajie Grand Canyon.

A ponte dos corajosos II, a missão.

Dá só uma olhadinha nas imagens abaixo, a construção da maior e mais alta ponte com piso de vidro do mundo deverá ser concluída em breve, mas só de olhar os operários trabalhando já me dá um friozinho na barriga.

ponte de vidroponte de vidro

A ponte terá 299m de altura, 430m de comprimento e 6m de largura e terá seu piso todo em vidro, para tirar o fôlego de qualquer um que se aventurar a atravessá-la, seja pela beleza ou seja pela altura.

O arquiteto é o Israelita Haim Dotan, segundo ele a “ponte de vidro Zhangjiajie foi projetada para ser o mais invisível possível, uma estrutura branca e transparente desaparecendo por entre as nuvens”.

ponte de vidro

A ponte dos corajosos III, o retorno.

Para quem aguentar, existe ainda na mesma região de Zhangjiajie, na província de Hunan esta linda passarela que circunda a montanha Tianmen a 1.432m de altura!

ponte de vidroponte de vidro

A passarela tem 60m de comprimento e 1,2m de largura para a aflição de muita gente que não gosta de andar na beirada. Ela ficou pronta em 2013 e atrai muitos turistas corajosos!

ponte de vidroponte de vidro

*Para que o vidro não fique esverdeado como o da ultima ponte que vimos é necessário utilizar um vidro extra clear, já que o vidro multilaminado (como é o caso das pontes) tende a acentuar e escurecer sua cor por terem várias camadas de vidro coladas uma cima da outra.

Vidros que iluminam e transformam ambientes!

Quando pensamos em projetos luminotécnicos (de iluminação), quase nunca pensamos em unir a iluminação com as diversas composições possíveis de vidro, mas saiba que ao juntar vidro e luz o resultado é um grande impacto visual e belos efeitos cênicos que tornam ambiente inesquecíveis.

Existem diversas maneiras de explorar essa técnica, pode ser na decoração de casa, pode ser para espaços comercias (como lojas, galerias, bares…) e também em fachadas (hotéis, museus, galerias…).

vidros que iluminam
Vidro impresso Saint Gobain Glass com iluminação LED – Casa Cor São Paulo 2011

Vidros que iluminam a decoração.

O uso desse tipo de iluminação em residências pode ser mais pontual e discreta, ou bastante marcada dando um ar bem cenográfico ao ambiente.

É bom lembrar, que é possível criar diversas cenas com a iluminação e que elas podem ser ligas individualmente ou simultaneamente, transformando o ambiente conforme as luzes são acesas/apagadas.

O mais comum é o uso em residências é de prateleiras em vidro com iluminação LED colorida ou incolor, em closets, armários e  móveis planejados.

Vidros que iluminamVidros que iluminam Vidros que iluminamVidros que iluminam

Existem também prateleiras com medidas padrão, que já vem com o LED embutido, prontas para receber o vidro de sua escolha. E podem ser colocadas em banheiros, ou qualquer outra parte da casa. – É possível encontrar na IdeiaGlass

Vidros que iluminamVidros que iluminam

É legal pensar também em um ítem que ganhe destaque na decoração, como uma mesa de jantar ou até mesmo a mesa da cozinha, não dá nem vontade de colocar toalha de mesa para não esconder o charme!

Vidros que iluminam

Ou então usar em lugares mais escondidos como no banheiro para fazer cromoterapia no banho, é possível utilizar no box do chuveiro ou então em uma parede de vidro no fundo do box ou banheira.

Vidros que iluminamBox-com-Iluminação-LED-RGB-em-Loft-Triplex-na-Romênia-por-Ion-Popusoi-e-Bogdan-Preda

Para o box, é melhor utilizar vidros que tenham desenhos ou que sejam acidatos para que a luz seja captada em toda a extensão do vidro fazendo com que o efeito seja de estar envolto em luz.

Vidros que iluminam

Mas é possível também ousar bastante na iluminação, e fazer  projetos arrojados com grande impacto visual e transformar a aparência de uma decoração sóbria como no projeto abaixo da cobertura triplex do Ritz-Carlton Residences em Tel Aviv. A escada por si só é bem minimalista mas quando as luzes se acendem ela se transforma, todo o vão é tomado por luz e o ambiente vira um show de cores.

Vidros que iluminamVidros que iluminam

Vidros que iluminamVidros que iluminam

A residência abaixo, que fica em Ancara na Turquia, usou e abusou das luzes coloridas já que seu interior tem design bastante arrojado, a escada troca de cor conforme a escolha do usuário, ela pode ter uma cor só ou várias diferentes ao mesmo tempo.

vidros que iluminam vidros que iluminam

Vidros que iluminam espaços comerciais.

Para espaços comerciais, o céu é o limite já que a intenção quase sempre é a de chamar a atenção de clientes e se tornar memorável, para que o boca a boca traga mais e mais pessoas para frequentar o ambiente e consequentemente consumir o que você está ofertando.

Acredito que bares e boates deveriam utilizar esse recurso em muitos pontos, mas principalmente no bar. A iluminação pode matar ou destacar o ambiente, um bar bem sinalizado e iluminado faz com que os clientes encontrem facilmente o local de consumir e tenham vontade de retornar!

vidros que iluminamvidros que iluminam

vidros que iluminamvidros que iluminam

A luz também pode ser usada em outras partes do bar para destacar bebidas, taças e etc. A imagem abaixo dá um exemplo de como o vidro iluminado pode ser utilizado.

vidros que iluminam

Ou que tal utilizar painéis de vidro que iluminam o ambiente e dão o tom do espaço, mais legal ainda se esse vidro puder ser visto de fora do estabelecimento chamando ainda mais atenção para aquele espaço.

vidros que iluminam

O Hotel e Spa Panorama que fica em Girona – Italia, investiu em espaços de banho e massagem com cromoterapia, tornando a experiência do usuário ainda mais completa. (Projeto executado pela empresa Espanhola Ledglass)

Vidros que iluminam vidros que iluminam

A Clínica Vilar, em Barcelona, decidiu que sua característica mais marcante seria a decoração do espaço e com isso resolveu revestir a maior parte de suas paredes com vidros que iluminam cada ambiente com a cor escolhida. (Também executado pela espanhola Ledglass)

vidros que iluminamvidros que iluminam

vidros que iluminamvidros que iluminam

Mais uma maneira de incorporar a técnica em interiores é iluminar o guarda corpo de escadas e mezaninos, essa idéia pode ser utilizada em restaurantes, bares, lojas e até mesmo em residências.

vidros que iluminam vidros que iluminam

Vidros que iluminam fachadas e destacam edifícios.

Você vê uma fachadas dessa e já imagina um edifício no mínimo diferente, afinal não é qualquer projeto que tem fachadas que podem ser enxergadas a quilômetros de distância, e que mudam de cor com a facilidade de um click em um botão.

vidros que iluminam vidros que iluminam

vidros que iluminam vidros que iluminam

Hotel Europa Splash em Barceloa e Hotel Summer também em Barcelona – por Ledglass.

O The Briggait Centre, situado em Glasgow na Escócia, tem em sua fachada painéis de vidro incolor com texturas opacas e se transforma de acordo com a cor da luz que é projetada em seu interior. O edifício chama muita atenção por estar ao lado de uma antiga estrutura que serviu como galpão por muitos anos.

vidros que iluminam vidros que iluminam

A fachada das lojas também podem receber esse tipo de solução, tanto em partes fixas quanto em partes móveis como a porta pivotante.

vidros que iluminam vidros que iluminam

A solução pode ser em toda a extensão da fachada ou somente em partes específicas… a criatividade é o limite.

vidros que iluminam

O clube de vela Nordwesthaus na Suiça, feito pelo escritório Baumschlager-Eberle, tem um belo efeito de iluminação proporcionado por 125 lâmpadas LED que geram uma sequencia de luzes nas cores verde, azul, amarelo, vermelho e branco.

vidros que iluminam fachada-de-vidro-translucido-com-iluminaçao-led-clube-de-vela-nordwesthaus-lago-constança-suiça

Posicionados estrategicamente, o s LEDs iluminam os elementos vazados, deixando à mostra na fachada de vidro a silhueta dos desenhos.

fachada-dupla-de-vidro-impresso-e-concreto-vazado-clube-de-vela-nordwesthaus-lago-constança-suiça dupla-fachada-de-vidro-impresso-e-concreto-vazado-clube-de-vela-nordwesthaus-lago-constança-suiça

À noite, a estrutura cúbica reflete na superfície do lago todo o brilho colorido de sua fachada, transformando o espelho de água em um painel de LEDs.

vidros que iluminam

Vidros que iluminam o esporte.

A ASB Glass Floor tem um sistema desenvolvido por eles para quadras poliesportivas que utiliza piso de vidro antiderrapante e ao invés de linhas pintadas no piso, as delimitações das quadras são feitas por luz de LED, parece coisa do futuro mas esse piso já foi aplicado em diversos lugares da Europa.

vidros que iluminam

As faixas de LED são posicionadas de acordo com o desenho que o esporte necessita, e pode ser alterado com um simples toque de botão, transformando uma quadra de basquete em uma quadra de vôlei, com a vantagem  que os jogadores nunca vão se confundir com outras quadras pintadas no mesmo espaço.

vidros que iluminam
O piso é elevado para absorver o impacto dos jogos, sem danificar o vidro.

O vidro utilizado tem textura diferenciada para garantir a característica de antiderrapante, ele é laminado para garantir a segurança dos usuários em caso de quebra e é incolor, o que dá a coloração da quadra é um papel translúcido colorido colocado logo abaixo do vidro e que pode ser facilmente trocado.

vidros que iluminam
Detalhe da textura antiderrapante do vidro laminado.

O sistema é extremamente resistente e durável, o primeiro teste foi em uma escola onde a quadra poliesportiva é muito utilizada, e 3 anos depois o sistema permanece impecável, mesmo com diversos usos diários. E com a vantagem de ser desmontável a qualquer momento, é possível adicionar novos pontos de LED para formar novos desenhos conforme a necessidade.

Gostou? Quer saber mais sobre esse sistema? Assista o video abaixo (em inglês).

Dicas para escolher bem o vidro que ilumina.

Se você está querendo utilizar a solução na sua casa ou empresa, fique atento pois o vidro incolor normal e o vidro que tem textura tem resultados diferentes quando aplicados.

A imagen abaixo ilustra bem a diferença entre um vidro liso e um vidro com padrão ou jateamento. O vidro liso capta a luz nas suas bordas, enquanto o centro permanece com aspecto normal, já o vidro com textura capta a luz na textura e nas bordas. A partir desse conceito é possível planejar a maneira que o vidro se comportará com a luz.

vidros que iluminam

 

Quando o vidro é colocado na horizontal (ex: mesas, prateleiras…) é legal que ele tenha uma espessura mais larga que o usual para que a iluminação chame atenção. Mas se o vidro for colocado na vertical (ex: guarda corpo, box, painéis…) a espessura pode ser a usual, já que não vai aparecer e nem interferir na propagação da luz.

SCat_Glass_Floating_Light_Shelf_Large

vidros que iluminam

*O ideal como em qualquer projeto luminotécnico, é que o planejamento seja feito antes da reforma/construção já que a iluminação precisa de pontos de energia embutidos na parede.

Casa Cor Rio 2015 e seus vidros!

A 25ª edição da Casa Cor Rio de Janeiro acontece até dia 04/10/2015 na Villa Aymoré, na Glória, em um conjunto de 10 casas, que faz parte da história da cidade.

A mostra conta com 42 ambientes com estilos supercontemporâneos, que misturam moradia e trabalho, com a participação de arquitetos como Lia Siqueira, André Piva, Gisele Taranto, Jairo de Sender, Marina Linhares entre outros.

O projeto da Gisele Taranto, o Lab LZ by GT chamou muito a minha atenção por usar no piso utilizando cacos de espelhos coberto por um vidro incolor.vidros casa cor

O piso recebeu uma estrutura metálica preta que recebeu no topo vidro temperado e laminado incolor, no vão criado pela estrutura metálica muitos cacos de espelho foram distribuídos e o efeito foi surpreendente, o resultado desafia os sentidos já que parece que estamos pisando em cacos.

vidros casa corvidros casa corvidros casa cor

O Living da Praia de Paola Ribeiro tem um recuo na parede azul para a bancada, revestido nas laterais por madeira e por um painel de espelho no fundo e na direita podemos ver a Tv escondida atras do painel.

vidros casa cor

A Sala de Estar Bela Arte de Ricardo Melo e Rodrigo Passos também usa um painel de espelho bastante interessante, dividido em várias peças verticais.

vidros casa cor

O “Apartamento do Jovem de 50 anos” de Caco Borges também utilizou o espelho como fundo da bancada da pia, ampliando o ambiente.
vidros casa cor

Sala por Billy Talbot e Cecília Teixeira com fundo da bancada revestido em espelho, destacando a iluminação e ampliando o ambiente.

vidros casa cor

Apesar dos muitos ambientes e de um ser mais interessante que o outro, esses foram os que chamaram minha atenção pelo uso do vidro!

Fotos retiradas do site da Casa Cor.

{ Janelas para a alma … }

 

Olha quantas janelas para a alma da arquitetura desse projeto!

janelas para a alma

Este projeto situado em Clerkenwell – Londres, foi batizado de “Windows for the soul” (janelas para a alma) porque a reforma do antigo celeiro recebeu muito vidro nas fachas, teto e piso! O arquiteto manteve muito da antiga estrutura e contrapôs o novo e o antigo, onde paredes de tijolos se misturam com paredes e tetos de vidro.

janelas para a alma

A escada tem em sua volta no andar superior vidro laminado temperado 8mm, preso por botões. Em cima do guarda corpo na parte oposta à descida da escada, foi colocado um vidro que serve como bancada.

O telhado em vidro também é laminado incolor porém tem 12mm, ele é fixo, e junto com os janelões de vidro laminado (de acordo com as normas técnicas) trazem luz e integração em abundância para essa cozinha.

O piso em frente à escada também é em vidro laminado e temperado incolor de 12mm, e permite que toda essa iluminação seja projetada no andar de baixo e aproveitada pela biblioteca.

Na imagem abaixo podemos observar como a escada e o piso de vidro do pavimento superior trazem iluminação natural para a biblioteca.

janelas para a alma

Nas escadas ao invés de um guarda corpo de meia altura, foram utilizados dois painéis de vidro que vão do piso ao teto e fazem a proteção do vão.

janelas para a alma

A biblioteca também tem um piso de vidro por onde a luz da janela passa para iluminar o andar inferior. Nessa situação o vidro também precisa ser laminado de acordo com a NBR, a espessura sempre varia de acordo com a dimensão do vidro.

Oposta à cozinha, a sala de estar manteve a parede antiga mas com muito vidro para aproveitar a iluminação.

janelas para a alma

Abaixo a esquadria em aço escovado contrasta com os tijolos aparentes. A esquadria permite uma grande abertura do vão que integra a sala com o espaço de convívio externo. Nessa esquadria o vidro pode ser temperado que resiste mais que o vidro comum à pancadas acidentais. (Portas de vidro)

janelas para a alma

Os banheiros da casa também se destacam por utilizar muito espelho, com espelhos em paredes opostas que criam a constante repetição do espaço. Até mesmo as paredes do chuveiro são revestidas por espelhos.

janelas para a alma

No banheiro abaixo até mesmo teto é revestido por espelho, como essa residência é para aluguel de temporada, gostei muito da idéia. Pode ser cansativo para o dia-a-dia, mas muito legal para alugar por uma semana!

janelas para a alma janelas para a alma

O quarto abaixo fica ao lado da biblioteca e mostra como o piso de vidro fica sempre perto das janelas para que a luz desse pavimento chegue até o pavimento de baixo. Essa solução além de muito legal, ajuda a difundir luz natural e economiza em luz artificial!

janelas para a alma

Essa casa parece ser uma delícia para aproveitar um temporada em Londres, não acham?

Fotos por One Fine Stay.

Normas técnicas de vidro na arquitetura

O que é?

É um resumo das normas técnicas de vidro na arquitetura, percebendo a dificuldade de achar as normas na internet para por em prática em projetos, construções, reformas e decoração eu resolvi fazer um resumo das normas para te ajudar!

O que eu fiz foi resumir a NBR 7199, a NBR 16259 e a NBR 14488 para facilitar a aplicação correta e segura de vidros na sua obra.

normas técnicas de vidro na arquitetura

Para quem é?

Para todos os interessados em utilizar vidros em seus projetos e construções de maneira segura e dentro das normas!

Quanto custa?

Nada!! Eu realmente só quero disseminar o uso correto e seguro do vidro, afinal o vidro é seguro desde que utilizado corretamente.

E como eu consigo?

Basta acessar esse link aqui e colocar o seu e-mail que eu envio para você! Simples né?

Porque eu fiz esse material?

Porque vejo muita gente oferecendo o errado e dizendo que é certo, o especificador e o consumidor final acabam comprando a solução sem saber que ela não é segura.

Vejo muuuuuito a utilização de vidro temperado com película, onde o vidro DEVERIA ser laminado. A norma não está aí a toa… testes foram realizados para dar a segurança necessária a cada tipo de utilização.

Existem dois tipos de películas no mercado, as decorativas e as de segurança, porém a ABNT/NBR 7199 atual não prevê a utilização de películas adesivas, nem mesmo a película de segurança que é adotada em outras partes do mundo para essa finalidade.

A película de segurança pode ser aprovada em um futuro breve, já que o assunto está em discussão como item adicional à norma 7199, que passa por um processo de revisão. Mas enquanto o seu uso não é testado e regulado, a película não substitui um vidro laminado.

Normas técnicas de vidro

Aos fornecedores e instaladores de vidro…

Vocês são os responsáveis por garantir que o vidro instalado esteja dentro das normas, nossos clientes acreditem e confiam em nós e por isso é nosso dever garantir a segurança deles.

Segundo o Código de Defesa do Consumidor “é vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, dentre outras práticas abusivas colocar, no mercado de consumo, qualquer produto ou serviço em desacordo com as normas expedidas pelos órgãos oficiais competentes ou, se normas específicas não existirem, pela Associação Brasileira de Normas Técnicas ou outra entidade credenciada pelo Conmetro”, então estejam atentos nós respondemos legalmente pela aplicação do vidro!

Alguns usam o recurso onde o cliente assina um documento dizendo que estava ciente que o vidro está fora das normas, mas isso não tem valor legal. Isso só prova que você sabia que estava fazendo o errado!

Aos clientes que querem economizar…

A sua segurança, a segurança da sua família e dos usuários dos espaços não tem preço, as normas existem para garantir o correto uso dos vidros, então não peçam ao seu vidraceiro que faça algo fora da norma. Colocar algo fora da norma pode ter um custo menor, mas e se algo der errado? Vale pagar menos por isso? Pense bem, ok!

E lembrando:

O vidro é seguro! Desde que aplicado corretamente. 😉

E box?

Se quer saber sobre box, acesse o nosso post sobre “Escolher corretamente o box do banheiro”!