{ Os vidros que compõe a arquitetura do Eataly São Paulo }

Os vidros que compõe a arquitetura do Eataly.

Foi inaugurado no dia 19 de Maio em São Paulo – no número 1489 da Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, no Itaim – o Eataly!

Para os fãs da gastronomia italiana, a mistura de shopping e galpão com três pavimentos é um parque de diversões.

os vidros do eataly

Os sócios Bernardo Ouro Preto e Victor Leal (grupo St Marche) alugaram um terreno no Itaim para erguer o prédio de três pavimentos e dois subsolos, onde antes funcionava uma concessionária. O projeto e desenvolvimento da planta foi feito totalmente na Itália pelo arquiteto Carlo Piglione.

Com arquitetura moderna, o shopping gastronômico é uma caixa de vidro sustentada por vigas metálicas vermelhas (que remete ao MASP).

os vidros do EatalyA parte interna da obra se beneficia de luz natural através de uma pele de vidro escalonada na fachada oposta à entrada do shopping (porque não dá pra chamar de loja rss), que se projeta em direção ao átrio onde se encontram as gôndolas do hortifruti, o que reduz a necessidade de uso de iluminação artificial gerando economia de energia elétrica e trazendo bem-estar às pessoas que passeiam por ali.

A iluminação natural também ganhou destaque no restaurante Brace Bar e Griglia, além de privilegiar a vista para a cidade o teto de vidro é retrátil, excelente para as noites estreladas!

Os vidros da cobertura e da pele de vidro são laminados e de proteção solar.

os vidros do Eataly

As fachadas laterais da edificação também receberam aberturas envidraçadas, privilegiando sempre a iluminação natural.

os vidros do EatalyMaquete eletrônica do Eataly

os vidros do Eatalyos vidros do Eataly

O guarda-corpo dos mezaninos são uma composição laminada e temperada de vidro incolor, cada lâmina de vidro com 6mm de espessura, totalizando um vidro de 12mm. A fixação é feita na lateral da laje com bottons e o topo recebe um perfil de aço como acabamento.

os vidros do Eatalyos vidros do EatalyDetalhe do guarda-corpo

Outro espaço que aproveitou a luminosidade natural foi a Birreria (cervejaria artesanal ao lado do Brace), mantendo a linguagem de instalações aparentes, o telhado de vidro é um dos destaques desse espaço.

O vidro deste telhado também é laminado e com proteção solar, já que a exposição é grande e em toda a cervejaria.os vidros do Eataly

O ideal é que telhados de vidro sejam temperados e laminados, mas no mínimo laminados! A espessura varia de projeto para projeto.

Guarda – corpo também sempre precisa ser laminado e a espessura também depende da dimensão das peças de vidro.

Isso tudo está na NBR 7199 – que fala sobre vidros na construção civil.

Se quiser entrar em contato comigo meu e-mail é: allaboutthatglass@gmail.com !

Deixe uma resposta