20 inspirações de box de vidro

Olá, hoje vou falar sobre um tópico muito visitado aqui no site: Box ! Sei que muita gente busca por idéias novas e diferentes para box, já que o tradicional é sempre muito igual. Então vou mostrar 20 inspirações de box de vidro que não são comuns: (Se quiser saber sobre normas, acesse aqui e sobre manutenção acesse aqui)

O banheiro abaixo tem um vidro fixo e tem as duas laterais abertas, obviamente não é uma solução prática porque a água vai se espalhar pelo banheiro todo, mas que fica lindo ah isso fica!

box de vidro

O chuveiro abaixo é bem mais tradicional, porém o trilho superior não vai de parede a parede, o que me chamou muita atenção. Não sei como o trilho se apoia no vidro fixo, mas achei a solução diferente do que se vê por ai!

box de vidro

O box abaixo mostra como o vidro acidato (jateado) faz um efeito bem legal no banheiro! Ele traz mais privacidade deixando a luz natural entrar no box. Se tivessem utilizado ferragens mais leves teria ficado mais bonito ainda!

box de vidro

O box a seguir, tem os vidros fixados por perfis de alumínio natural fosco e porta de abrir com pequenas ferragens e um puxador minimalista. O efeito é bastante clean e muito charmoso.

box de vidro

O próximo box também tem ferragens minimalistas e um vidro inteiro que vai do piso ao chuveiro. O conjunto lembra uma sauna, com direito à cromoterapia.

box de vidro

Que tal ease box que tem iluminação embutida e fechamento em vidro com detalhes bem discretos? É uma ótima solução para quem quer dar destaque à decoração e não ao vidro.

box de vidro

Esse próximo box eu gosto, por ter ousado na escolha do vidro do box. Foi utilizado um vidro fumê (cinza) acidato (tipo de jateado que não mancha), o que trouxe privacidade ao box controlando a luminosidade do ambiente. O espelho fixado no box não ficou lindo – na minha opinião-, mas é uma idéia para aproveitar melhor o espaço.

box de vidro

Essa solução abaixo é uma das minha favoritas, tem um excelente aproveitamento do espaço e aproveitou cada detalhe para dar funcionalidade, como os ganchos fixados atrás dos espelhos. O vidro incolor ajudou a integrar o ambiente e com isso ampliá-lo ao invés de parecer delimitar.box de vidro

Outra solução muito utilizada atualmente é o box com apenas um fechamento (frontal ou lateral), o que permite destacar mais a arquitetura e a decoração. O acabamento é bem clean o que não chama a atenção para o box.

box de vidro

O próximo box é feito com um vidro curvo incolor acidato, já que há um painel de vidro incolor o box foi pensado para dar um pouco mais de privacidade mas ganhou um design diferenciado e interessante.

20 inspirações de box em vidro

Já que entrei no assunto de box com vidro curvo, o box abaixo também ganhou destaque no banheiro. O vidro incolor curvo com porta pivotante no meio do banheiro é um detalhe à parte.

box de vidro

Abaixo mais um exemplo bem legal de aproveitamento do espaço, aqui o vidro foi utilizado somente como delimitador do espaço do chuveiro, mas ajuda a espelhar a iluminação da janela do box para o banheiro.

box de vidro

Esse box a seguir também utlizou ferragens pequenas e um puxador discreto, assim conseguiu destacar o revestimento do chuveiro. Quase não vemos as ferragens do box nessa solução, o perfil em baixo do vidro serve para evitar que a aguá que desce pelo vidro não escorra para fora do box, por isso o perfil foi mantido.

box de vidro

Abaixo um box que achei curioso porque não tem porta, mas ao mesmo tempo restringe bem a área molhada e evita que o banheiro fique encharcado após o banho. Também não é uma solução linda, mas serve de inspiração como solução sem porta.

box de vidro

A seguir o box tem vidro refletivo na cor bronze, que combinou com os tons utilizados no banheiro. O vidro refletivo funciona como um espelho mas permite que a pessoa que está tomando banho consiga ver o que acontece fora do box. Esse vidro permite bastante privacidade sem tirar a luminosidade. O trilho de cima foi embutido no gesso, o de baixo não foi pois é necessário ter uma barreira para a água não escapar.

box de vidro

Os boxes abaixo tem estrutura toda de vidro e até mesmo as roldanas correm no vidro. Solução muito simples e clean, mas que tem muita engenharia envolvida! Essa é uma das minhas soluções favoritas!

box de vidro

Essa porta pivotante com fixação por tubo de aço inox também é muito charmosa, a fixação dos vidros fixos foi feita por perfil “U” também em aço inox. Como a porta não tem um perfil embaixo para barrar a água, há uma pequena canaleta no degrau que coleta a água que vêm do chuveiro. Interessante essa solução alternativa, né?

box de vidro

Esse próximo chuveiro tem a parede do fundo em ângulo, e o vidro acompanhou o desenho destacando ainda mais esse detalhe. Apesar do desafio que é instalar o vidro dessa maneira o resultado ficou lindo!

box de vidro

Esse box abaixo é uma caixa no centro do banheiro, o vidro incolor recebeu adesivo com aspecto jateado até meia altura permitindo passar a luminosidade mas mantendo um pouco da privacidade. O topo do box recebeu um perfil “u” em aço escovado e na parte inferior o perfil ficou semi enterrado.

box de vidro

O último box desse post é um box curvo com porta de correr apoiada no trilho inferior. Já que havia mostrado anteriormente o de porta pivotante, quis mostrar a solução com porta de correr. Eu estou gostando bastante de box curvo, acho que ele permite elegância e é muito diferente do que vemos normalmente.

box de vidro

Espero que tenham gostado dos box que mostrei hoje, só para lembrar o box deve ser sempre feito com vidro temperado segundo a NBR 14207:2009, para garantir maior segurança ao usuário.

Se quiser ver mais sobre tipos de box e soluções, acesse aqui!

A manutenção do box!

Aposto que você nunca se deu conta de que seu box precisa de manutenção preventiva, apesar de muito necessário pouco se fala sobre isso. Geralmente procuramos assistência quando o box já não está funcionando como deveria, e mesmo assim tem gente não procura assistência, por achar que é normal que com o tempo o box deixe de ser como sempre foi.

Já ouviu alguém comentar que a porta do box quebrou sozinha? Pois é, isso acontece muitas vezes por falta de manutenção do box.

O box, assim como todos os tipos de vidros móveis (portas, janelas, coberturas retrateis, etc…), precisa de manutenção preventiva a cada 12 meses.

A manutenção do box
Box conventional de canto – cor branca

Isso porque o conjunto (vidro e sistema) vai se desgastando com o uso, pode sair do alinhamento dependendo de como é manuseado, ele junta poeira nas roldanas e pode dificultar a movimentação da porta, o silicone pode se soltar… Enfim, são diversos os motivos que fazem da manutenção algo muito importante para a segurança do box.

Você já fez alguma manutenção no seu box? Se não, procure uma loja que faça instalação de box e peça uma manutenção, ela tem um custo mas é necessária para a sua segurança. Veja abaixo algumas características que mostram que seu box precisa urgentemente de manutenção:

  • Porta abrindo ou fechando com dificuldade, ou abrindo/fechando sozinha;
  • Guia inferior da porta quebrada ou com flexibilidade excessiva;

A manutenção do box

  • Batedor inferior ou superior quebrados;
A manutenção do box
Batedor é o que limita a abertura do vidro.
  • Excesso de balanço do conjunto;
  • Contato do puxador da porta com o vidro fixo;

A manutenção do box

  • Porta raspando no chão;

A manutenção do box tem que ser periódica, porque os desgastes estão sempre acontecendo. Apesar do vidro temperado ser 5 vezes mais resistente que um vidro comum ele ainda sim pode quebrar e não só por pancada, se ele corre em um trilho que está fora de prumo o trilho “entorta” o vidro e essa força sozinha pode causar a ruptura.

E apesar do vidro temperado ser menos cortante que o vidro comum, ele corta sim e pode causar ferimentos e às vezes deixar sequelas.

*Se a porta for de correr, ou com porta pivotante que abre para fora é possível utilizar um vidro temperado e laminado, eliminando o risco de cortes em caso de quebra.

a manutenção do box

Além do uso, o que pode ocasionar a quebra é uma instalação mal feita ou um vidro mal temperado. Por isso é sempre melhor optar por produtos certificados (há muitas beneficiadoras certificadas pelo Inmetro) e profissionais de confiança para fazer a instalação.

Em uma manutenção de rotina é feita a troca das roldanas que fazem a porta correr, a regulagem das portas para que fiquem sempre alinhadas corretamente, teste de vedação do silicone (para ver se a água está vazando para fora do box) e substituição de peças quando necessário.

A manutenção do box
Box Elegance – Ideia Glass

Ah mas como lembrar de dar manutenção todo ano? Eu sugiro criar um lembrete no calendário do e-mail ou celular, coloca junto com a troca do filtro! 😉 Mas não deixe de fazer! Chame a empresa e peça que ela dê manutenção em todas as portas de vidro temperado.

O preço médio da manutenção é de R$200,00 (para um box, negocie os outros!!), mas se houver troca de alguma peça esse preço é cobrado à parte.

*Falei muito de box de correr, mas box com porta pivotante também precisa de manutenção preventiva! 

 

Escolher corretamente o box do banheiro!

Vamos falar sobre um assunto que deixa muitas pessoas em dúvida, escolher corretamente o box do banheiro. Você sabia que há diversas opções no mercado e para todos os tipos de bolsos!

O que a norma fala sobre o Box?

A norma que rege o box é a NBR 14207:2009. Esta Norma especifica os requisitos mínimos, em termos de segurança, para os materiais utilizados no projeto e na instalação de boxes de banheiro fabricados a partir de painéis de vidro de segurança para uso em apartamentos, casas, hotéis e etc. Para aplicações de Box, utiliza-se vidro de 6 a 10 mm, sempre temperado – o tamanho das peças de vidro é que determinam a espessura, o usual é o vidro de 8mm temperado, mas se a peça for maior que 1,2×2,5m e menor que 1,5×3,5m deve-se utilizar o vidro 10mm temperado, a partir daí deve ser feito com vidros mais epessos e de acordo com o projeto.

Quais os tipos de box?

Tem com porta de abrir, com porta de correr, com porta articulada (sanfonada), com vidro fixo… A criatividade é o limite!!

box banheiro

Box de abrir

escolher corretamente o box do banheiro

Box de correr

escolher corretamente o box do banheiro

Box fixo (sem porta)

Tipos de Vidro

Além do vidro incolor, há várias opções de vidros que podemos utilizar sem perder a segurança, já que podem ser temperados e/ou laminados.

Um exemplo é esse box feito com vidro 8mm temperado refletivo da Guardian (fabricante): escolher corretamente o box do banheiro

O vidro refletivo aumenta a privacidade e por ter o aspecto espelhado ele passa a sensação de ambiente maior.

Há também a possibilidade de ter um vidro temperado e pintado, a vantagem é que as possibilidades de cores são infinitas e podem ser feitas de acordo com cada projeto.

A única desvantagem, mas que alguns consideram vantagem, é o fato do vidro perder a transparência. Mas se você não é claustrofóbico, a solução fica linda!

escolher corretamente o box do banheiro

Vidro pintado na cor branca (aqui para obter um branco fiel a pintura foi feita no vidro extra claro*)

Maaaasss… se você tem claustrofobia, e gostaria de uma solução assim porém com transparência, a solução é o vidro laminado com intercalante colorido!

escolher corretamente o box do banheiro

Vidro laminado com PVB colorido

Perai! Vidro laminado no box pode? Pode! Evitando assim ferimentos caso o vidro se quebre por algum motivo.

Há alguns conselhos sobre o assunto, mas é possível! Tanto para vidro incolor, quanto para vidro colorido e pintado.

Se o vidro não tiver furações, como o exemplo acima, ele pode ser só laminado. Mas aí é necessário fazer um calculo de espessura para que ele atenda corretamente à necessidade do uso.

Se tiver furação o vidro precisa ser temperado também – no caso de vidro pintado ele tem que ser resinado, que é um tipo de laminação.

Mas só aconselho para box fixo e box de correr, para box de abrir o laminado em caso de acidente dentro do box, você não vai conseguir abrir a porta se a pessoa estiver caída atras dela. E como o vidro laminado não permite que o vão se abra mesmo depois de quebrado, você acaba criando um problema. Nesse caso o ideal seria a porta do box abrir para fora do espaço de banho.

escolher corretamente o box do banheiro

Box com vidro laminado (fixo)

Para quem quer garantia de segurança, o ideal é comprar de uma beneficiadora que tenha certificado do Inmetro, já que para ser certificado amostras de vidros são testadas diariamente, garantindo a  resistência e planicidade dos vidros que passam por esse forno de têmpera. É possível consultar no site da Abravidro as têmperas certificadas através desse link.

Continuar lendo

5 dicas imperdíveis para projetos em vidro!

Eu, como arquiteta que trabalha com vidraçarias, sei das dificuldades no dia-a-dia de comunicação e entendimento entre as partes de projeto e execução.

São dois mundos muito diferentes, um bastante inventivo buscando sempre novidades e outro de pura execução que não gosta de fugir do tradicional (salvo exceções), e isso causa conflitos. Principalmente porque um não conhece direito o universo do outro!

dicas imperdíveis para projetos em vidro

Então para melhorar esse relacionamento vou dar 5 dicas imperdíveis e algumas dicas especialmente para os vidraceiros, na esperança de que possamos evoluir os projetos cada vez mais, tanto tecnicamente quanto esteticamente e que essa troca de informações revolucione as soluções em vidro!

Dicas para projetos em vidro:

Dica 1: Pesquise as possibilidades do vidro!

O vidro é muito mais versátil do que imaginamos, e existem diversas maneiras de utilizá-lo tanto na arquitetura quanto na decoração. Comece a pensar sobre o assunto na concepção do projeto, isso vai permitir um amadurecimento da idéia em todas as etapas.

Já falei aqui sobre vidro na decoração, e outras dicas diferentes aqui. Na construção existe essa, essa e essa opção por exemplo.

dicas imperdíveis para projetos em vidrodicas imperdíveis para projetos em vidro   dicas imperdíveis para projetos em vidro dicas imperdíveis para projetos em vidro

Dica 2: Entenda as limitações do vidro.

Vidro é lindo, é maravilhoso… mas tem algumas limitações. Nós arquitetos, me incluo aqui, adoramos vidro sem emendas… aquele vidro grande e inteiriço de fora a fora! Bom, esse tipo de solução tem um limite máximo de dimensão.

As chapas de vidro que saem das fábricas têm tamanhos padrão – o que facilita a logística dos vidros – e por isso não é possível conseguir qualquer dimensão. O tamanho padrão de chapas que são vendidas pelas grandes fabricantes são:

Vidros incolor, verde, cinza e bronze (incluindo vidros de proteção solar):

  • 3,21×2,20m
  • 3,21×2,40m
  • 3,21×6,00m (chapa jumbo)
  • Existem outras dimensões de chapas, principalmente para vidros de decoração e espelho, porém é necessário consultar seu fornecedor para saber a disponibilidade dele, já que cada fabricante tem suas chapas padrão para esses produtos.

Mas isso não quer dizer que você pode especificar no seu projetos vidros com as dimensões da chapa, e vou te dizer porque: a chapa de vidro que vem das fábricas não tem lapidação nas suas laterais (lapidação é o acabamento na borda do vidro que deixa ele mais bonito e não cortante) e a lapidação é feita lixando a borda, ou seja a chapa perde em torno de 2mm em cada borda lapidada (4mm no total). – falei sobre tipos de lapidação aqui!dicas imperdíveis para projetos em vidro

Outra coisa importante e que poucas pessoas se lembram é que um vidro de grandes dimensões pode não chegar ao seu ambiente de destino por não passar por portas, portais, escadas, elevadores… Então lembre da logística para prever possíveis problemas.

Espelhos também entram na observação acima!

Espelhos são ainda mais difíceis pois as fábricas preferem produzi-los nas espessuras de 3mm, 4mm, 5mm e 6mm, porque são o de maior demanda. E como a dimensão do espelho deve ter uma espessura que seja compatível, muitas vezes é difícil encontrar o espelho especificado.

dicas imperdíveis para projetos em vidro

É possível fazer um espelho grande com uma espessura menor do que a necessária para um espelho colado? É, porém o instalador se arrisca, e o risco de quebra da peça no transporte e carregamento aumentam consideravelmente.

Dica 3: Inovar é elevar o preço do projeto.

Como eu disse na dica anterior, quanto mais dificuldades criamos mais o projeto encarece. O setor vidreiro carece de novas idéias e novas técnicas, ele é muito conservador e tem resistência a novas soluções.

Podemos notar isso quando falamos de ferragens para janelas e portas de vidro temperado, geralmente você encontra sempre o mesmo tipo apenas com variação de cor (é exatamente o mesmo a 20 anos).

dicas imperdíveis para projetos em vidro dicas imperdíveis para projetos em vidro

Então quem traz algo diferente se destaca, mas encontra dificuldades para realizar o projeto e muitas vezes resistência dos vidraceiros em executar um projeto arrojado.

Mas que isso não te desanime! Falei aqui sobre portas de vidro nesse post e mostro como é possível fugir do tradicional. Discuta o projeto desde o início com o seu vidraceiro de confiança, isso ajuda a diminuir as dificuldades. Peça para ele diferentes opções, vamos gerar um movimento à favor das inovações! Isso serve para todo tipo de projeto, seja porta, cobertura, parede de vidro…

dicas imperdíveis para projetos em vidro

Dica 4: medição para execução.

Apesar de poder prever as dimensões dos vidros em projeto, só é possível ter as dimensões reais dele depois que a obra está praticamente pronta. Só devemos medir o vão do vidro depois que pisos, revestimentos, soleiras, gesso, e demais materias onde o vidro vai encostar estejam todos devidamente colocados.

Não é possível medir um piso ou parede que ainda está no osso e somar as espessuras dos acabamentos, porque nada fica perfeitamente reto, ou alinhado. O vidro para se encaixar precisamente necessita que tudo esteja no devido lugar, para que as medidas possam ser feitas e alinhamentos possam ser dimensionados também.

dicas imperdíveis para projetos em vidro

Apenas se for embutir as ferragens e perfis é que é necessário que o vidraceiro vá ver a obra ainda no osso, para que possa alinhar com o mestre de obras a melhor maneira de executar os revestimentos bem como garantir a correta fixação do vidro.

dicas imperdíveis para projetos em vidro

Dica 5: planta de detalhamento para vidros.

Essa dica fica para os arquitetos, ter uma planta de detalhamento para tudo que levar vidro é uma ótima maneira de garantir o total entendimento da sua intenção pelo vidraceiro.

Sei que ninguém nunca ensinou a fazer uma planta de vidro na faculdade, e é muito difícil encontrar escritórios que tenham esse tipo de detalhamento, mas facilita tanto na compreensão das suas idéias pelo vidraceiro quanto na sua compreensão dos detalhes de instalação do vidro, o que gera trocas de informações e evita erros desde o começo. 😉

Dica Bônus 6: Procure saber sobre as normas!

A NBR 7199 rege projetos, execução e aplicação de vidros em obras, e para cumpri-las é necessário saber mais sobre elas e o que é exigido. Sei que muitas vezes confiamos no especialista (nesse caso o vidraceiro) para nos informar sobre essas normas, porém não são todos que as seguem e muitos não tem problemas em burlar essas regras, por isso se informe sobre elas e coloque-as em seus projetos.

As normas garantem a segurança e durabilidade das soluções, então você e seu projeto só têm a ganhar com isso!

Eu fiz um resumo das normas técnicas de vidros e você pode acessar através desse link!

Dica Bônus 7: soluções para box de pequenas dimensões.

Outro problema que é necessário pensar bem, é quando o espaço para o box do banheiro é pequeno, o que acontece muito com os novos apartamentos que vemos por aí. Geralmente, esse tipo de box não permite colocar uma porta de abrir, porque toma um grande espaço dentro do box e o usuário precisa se espremer no cantinho para abrir a porta.

dicas imperdíveis para projetos em vidro

Já vi algumas soluções onde o shaft de ventilação do banheiro (duto de ventilação) é utilizado para ganhar espaço para colocar porta de correr no box, é uma solução possível mas traz algumas particularidades como dificultar a limpeza da parede que fica atras do vidro e aumenta as chances de vazamento de água do box. (se quiser saber mais sobre a saga desse box, clique aqui)

Para casos assim, eu sugiro o box articulado, que permite uma passagem confortável e tem menor risco de vazamento.

dicas imperdíveis para projetos em vidro

Dicas para vidraceiros:

Dica 1: Parceria com especificadores.

Desenvolver um trabalho diferenciado e sair do tradicional é muito interessante, porque se você atender bem ao especificador e amarrar bem o projeto, você nao tem concorrente!

dicas imperdíveis para projetos em vidro

Além do mais, o especificador pode te trazer diversos clientes. Basta que você o atenda bem, solucione o projeto de maneira que o agrade e no tempo determinado para sair na frente da maioria dos seus concorrentes!

Não quer dizer que você deva fazer o impossível, mas apresente as soluções possíveis ao especificador e ao cliente dele. Discuta o projeto e traga soluções interessantes.

Dica 2: Atualize-se!

Busque sempre saber as tendências do seu mercado, frequente feiras do setor vidreiro e de decoração, palestras de fabricantes e fornecedores e busque novidades na internet (ou cadastra seu email no campo lá de cima à direita para receber as novidades aqui do blog!).

dicas imperdíveis para projetos em vidro
Box no stand da Casa Vogue na Revestir 2015

Isso fará com que você fique atualizado, tenha novas idéias para usar no dia-a-dia e consiga debater melhor os projetos que chegarem até a sua vidraçaria! Veja alguns projetos diferentes em vidro nesse post aqui!

Dica 2: Obras que se destacam, também te destacam!

Se a obra que você executou se destaca, se aparece em revistas e sites ou mesmo na vizinhança, seu trabalho também se destaca. Saiba aproveitar obras assim e faça delas propaganda para a sua vidraçaria.

dicas imperdíveis para projetos em vidro

Tire foto da obra e coloque-as no seu site, coloque no seu material de divulgação… e tenha certeza que quem estiver em busca de um bom profissional para executar uma obra diferenciada, vai te procurar!

Dica 3: Leitura de projetos.

Tenha em sua empresa alguém com habilidade para ler uma planta ou projeto, isso é fundamental para receber projetos de especificadores e identificar maneiras de ajudá-los com o projeto e pensar na melhor solução para aquela obra. Nem que seja necessário que algum funcionário seu faça aulas para ler projetos, tenha alguém que faça isso!

dicas imperdíveis para projetos em vidro

Ajude os especificadores e dê atenção assim que receber o projeto, isso facilita para as duas partes, é uma maneira de ganhar sua confiança e de garantir que ele sempre te procure quando tiver obras e projetos.

Dica 4: Tenha ferrages e acessórios diferenciados!

Tenha opções diferentes das tradicionais para ferrages e ascessórios de vidro, os arquitetos não querem mais do mesmo eles querem algo diferenciado!

Ter opções bonitas e arrojadas te faz ser uma referência que os especificadores buscam quando precisam de projetos com design mais moderno.

Não sabe onde encontrar? Dê uma olhada nesses fornecedores:

Dica 5: Trabalhe sempre dentro das normas!

As normas existem para garantir a segurança e integridade das pessoas, e por isso você deve segui-las. A NBR 7199 fala sobre projetos execução e aplicação de vidros e você deve saber e aplicar essas normas no dia-a-dia pois você é o especialista no assunto, especificadores nem sempre sabem dessas normas e por isso cabe a você o dever de cumpri-las.

Espero que tenham gostado das dicas!! As dificuldades sempre vão existir, mas converse, tire dúvidas, estude as possibilidades junto com o especificador/vidraceiro, e se ainda assim não der certo, me procura! 😉

Solução em vidro para espaços pequenos

Quando o espaço do projeto é reduzido, a funcionalidade dos cômodos tem que ser pensada sem abrir mão do conforto. Também é necessário pensar na amplitude utilizando artifícios desde a concepção do projeto inicial, no projeto e detalhamento da marcenaria sob medida,  e no mobiliário complementar.

O projeto do Hiperstudio utilizou o vidro e a marcenaria para agregar conectividade aos ambientes,  a criação de um grande armário central com porta de vidro deslizante que serve como ponto de integração entre o estar e a cozinha.

espaços pequenos

espaços pequenos

Versátil, o móvel pode funcionar como adega e cristaleira, conforme o uso. A porta é de vidro pintado e temperado na cor branca (vidro extra-clear para tirar a tonalidade verde do vidro incolor).

espaços pequenos                    espaços pequenos

Além do estar e cozinha, um dos banheiros ganhou uma solução bastante interessante: box em vidro refletivo.

espaços pequenos

O vidro refletivo funciona como um espelho, ampliando o ambiente e refletindo a luz o que deixa o ambiente ainda mais iluminado.

Nesse banheiro foi utilizado o vidro refletivo prata, temperado de 8mm, o sistema de roldanas aparentes do box é da Rollit (falei sobre isso aqui).